Touros cansados: preço do Bitcoin caiu para um mínimo de 10 dias

Touros cansados: preço do Bitcoin caiu para um mínimo de 10 dias

Publicado em 22 de agosto de 2017 por

Na noite de terça-feira, 22 de agosto, o preço do Bitcoin, que passou a maior parte da segunda-feira em cerca de US$ 4.000, baixou rapidamente, caindo abaixo de US$ 3.700. A última vez que o Bitcoin foi vendido a esse valor foi no dia 12 de agosto.

A partir das 02:00 (Horário de Brasília), a taxa média ponderada do Bitcoin no Coinmarketcap foi para US$ 3.682, enquanto em algumas corretoras caiu ainda mais baixo. Assim, na Bitstamp a taxa caiu para US$ 3.600 e na Bitfinex para US$ 3.599. Nas últimas 24 horas, o Bitcoin o preço caiu em cerca de 10%.

Publicidade

Publicidade

Touros cansados: preço do Bitcoin caiu para um mínimo de 10 dias. BTCSoul.com

A capitalização de mercado do Bitcoin no momento da publicação é estimada em US$ 61,5 bilhões.

Vale ressaltar que vários comerciantes expressaram a opinião de que o rali do Bitcoin – durante o qual a moeda criptográfica já cresceu nesse ano de 2017 cerca de 350% e no início deste mês chegou a US$ 4500 – provavelmente já teria atingido seu pico.

Publicidade

Publicidade

Então, em um comentário à publicação da CoinDesk BTC VIX, o administrador do grupo de comerciantes Whale Club, chamou a atenção para o fato de que, nos últimos dias, o Bitcoin, atingindo seu pico antes dele, caiu pelo menos quatro vezes abaixo de US$ 4000. Na opinião dele, isso pode ser um sinal de que, a curto prazo, o mercado não está muito interessado em aumentar o preço.

“Os touros estão cansados”, concluiu.

Entretanto, tudo isso ainda pode mudar, uma vez que, na quarta-feira, 23 de agosto; espera-se a ativação do protocolo Segregated Witness, uma solução destinada a otimizar e dimensionar a rede Bitcoin.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment