Traders correm para Altcoins com estabilidade do Bitcoin

Com a estabilidade do Bitcoin esta funcionando como um grande impulso no mercado das altcoins. Parece que o verão chegou no mundo das criptos.

Publicado em 16 de fevereiro de 2017 por

Com muitos negociantes de criptomoedas aguardando notícias da China, os volumes de negociação do Bitcoin, o ativo mais negociado do mercado, parece ter declinado.

Os participantes da exchange americana, Bitfinex negociaram 6.670 bitcoins nas últimas 24 horas, pouco menos de 50% do normal diário visto pelos medidores dessa, que é uma das maiores casas de câmbio de Bitcoin do mundo em volume.

Publicidade

Publicidade

Da mesma forma, o volume negociado nas maiores bolsas chinesas de Bitcoin, como a Huobi, OKCoin e BTCC, diminuiu, sendo afetado pelas diretrizes do Banco Central da China (PBoC).

Com o baixo volume de negociação, o preço do Bitcoin parece ter se estabilizado, flutuando entre US$ 1.011 e US$ 1.001, uma variação pouco menor que 1%, o que é praticamente um recorde para a cripto.

O preço médio que vemos hoje seria parte de algo mais duradouro, de acordo com o analista de mercado e CEO da startup de identidades Civic, Vinny Lingham. Ele disse que espera que o preço se consolide por volta dos US$ 1.000 por algum tempo, talvez um mês ou dois.

Publicidade

Publicidade

Apesar de alguns aproveitarem para descansar durante esse período de baixa volatilidade do mercado, esta redução de movimento resulta em raras oportunidades para que os traders lucrem com o sobe e desce das Altcoins.

As alternativas surgem

Já que o preço do Bitcoin está calmo, muitos outros ativos criptográficos conseguiram impulso graças aos seus desenvolvedores.

Para se ter uma ideia, 8 das 10 primeiras criptocorrências figuradas no CoinMarketCap, em termos de capitalização de mercado, estavam no azul hoje, com o Monero (XMR) e Dash encabeçando a lista.

O Monero, ativo digital que promete privacidade para seus usuários, subiu para US$ 13,74, acima dos US$ 13,01 que começou o dia, de acordo com o CoinMarketCap. Ou seja, em um dia, uma alta de 5,6%, quem tinha colheu um bom lucro.

De acordo com a plataforma Whaleclub, esta alteração positiva nos preços das Altcoins demonstra uma clara falta de interesse no Bitcoin por parte dos traders.

Peter Zivkovski, COO da Whaleclub disse que devido ao baixo volume de negociação do Bitcoin, os negociantes ativos acabam migrando para mercados que oferecem maior volatilidade, o que pode resultar em maiores ganhos.

Já o Dash, a moeda digital que oferece privacidade e transações instantâneas, subiu ainda mais alto do que o Monero em 15 de fevereiro. Saindo do preço médio de US$ 18,10 na manhã do dia 15, a criptocorrência atingiu impressionantes US$ 19,66, uma alteração positiva de 8,6% em seu valor.

Resumindo a ópera, como sempre, se o Bitcoin parou de correr feito um touro bravo pra cima da resistência ou está decaindo de preço, as Altcoins sobem. Qualquer um que efetua trading e tinha dinheiro investido em qualquer cripto que não fosse o BTC quando ele subiu de 450 dólares para 700, sabe do que estou falando.

Se você quer aproveitar a onda de verão das Altcoins e lucrar um pouco, fique atento para comprar na baixa e ter os pés no chão, colhendo lucros e não prejuízos esperando que sua moedinha querida aumente em 1000x seu valor. #FicaADica

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment