Transação em Dogecoin é realizada pela primeira vez na rede de teste Ethereum

Desenvolvedores da solução para escalamento de redes para posicionamento de contratos inteligentes TrueBit testaram a chamada ponte dogethereum, enviando as primeiras moedas DOGE à rede de teste Rinkeby e de volta.

Publicado em 20 de Fevereiro de 2018 por

Desenvolvedores da solução para escalamento de redes para posicionamento de contratos inteligentes TrueBit testaram a chamada ponte dogethereum, enviando as primeiras moedas DOGE à rede de teste Rinkeby e de volta. Os detalhes da implementação desta transação foram colocados num repositório do GitHub.

Alguns anos atrás, o designer UX da Ethereum Foundation, Alex van der Sande, e um grupo de desenvolvedores criou um programa de recompensas para aqueles que consiguissem realizar uma transação DOGE no sistema de Blockchain do Ethereum e de volta.

Os fundos [372 ETH] foram congelados de acordo com um contrato inteligente, que os liberava apenas na condição de que cinco desenvolvedores assinassem a transação usando suas chaves privadas.

No entanto, ninguém foi recompensado, pois os cálculos necessários para implementar a transação em um equivalente de DOGE eram extremamente caros: tratava-se de milhões de dólares em Ether.

Foi então que nasceu a ideia de TrueBit, um protocolo off-chain que permite que terceiros executem e validem complexos cálculos fora da blockchain, descarregando, dessa forma, os nós.

Atualmente, os desenvolvedores do TrueBit se aproximaram da tarefa definida no programa de recompensas, cuja história foi contada por Van der Sande em uma série de tweets, como nunca antes.

Apesar disso, o representante da Ethereum Foundation estimou o trabalho realizado em apenas 25% do montante total da remuneração, já que todo o processo deve ser reproduzido na rede original.

Publicidade

Publicidade

No entanto, de acordo com o fundador do projeto, Jason Toich, o teste bem-sucedido da ponte dogethereum provou que todos os componentes do protocolo TrueBit funcionam corretamente.

Segundo os desenvolvedores da tecnologia, a implementação do protocolo na Blockchain principal do Ethereum permitirá a realização de cálculos de qualquer nível de complexidade de forma econômica.

Vale ressaltar que ainda em 2015, Vitalik Buterin, propôs a introdução do Dogecoin em contratos inteligentes do Ethereum através das sidechains.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment