Tribunal de Ontário recusa-se a devolver US$20 milhões a QuadrigaCX

A corretora de criptomoedas canadense QuadrigaCX confirmou oficialmente que, como resultado de um erro no contrato inteligente, perdeu uma quantidade significativa em Ethereum.

Publicado em 14 de novembro de 2018 por

A Suprema Corte de Ontário depositará US$19,6 milhões, localizados em cinco contas bancárias da QuadrigaCX, maior corretora canadense. Isso foi afirmado na decisão do tribunal datado de 9 de novembro e divulgado pela Cointelegraph.

Esses fundos serão transferidos para a divisão da contabilidade do Supremo Tribunal, o Canadian Imperial Bank of Commerce (CIBC), a fim de estabelecer seus proprietários. Por exemplo, US$ 19,6 milhões podem pertencer à própria corretora QuadrigaCX (sua administração insiste nessa versão), bem como ao operador de pagamento Costodian atenda ou a 388 usuários que colocaram esses fundos como depósitos.

O juiz Glenn Haney não pôde determinar a validez do congelamento das contas da corretora pelo CIBC no âmbito do processo.

Comentando sobre a decisão do Supremo Tribunal de Ontário, o Presidente da QuadrigaCX, Gerald Cotten, observou que “nas próximas etapas, a corretora levará em conta a ambiguidade das ações do Banco CIBC”.

Lembramos que em outubro, foram divulgadas informações de que a QuadrigaCX estava tendo problemas com a retirada de fundos de clientes devido ao bloqueio de contas relacionadas ao serviço Costodian Inc. e seu proprietário, Jose Reyes.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment