Kyiv: ucranianos ganharão acesso rápido e gratuito para cadastro rural na Blockchain

Em 3 de outubro, no espaço "Creative Quarter" em Kyiv, foi realizada uma apresentação do novo Cadastro Rural Estadual baseado na tecnologia de Blockchain.

Publicado em 4 de outubro de 2017 por

Em 3 de outubro, no espaço “Creative Quarter” em Kyiv, foi realizada uma apresentação do novo Cadastro Rural Estadual baseado na tecnologia de Blockchain.

Segundo o chefe da Agência Estadual de Governo Eletrônico da Ucrânia, Oleksandr Ryzhenko, com a ajuda de tecnologia de Blockchain, os ucranianos poderão verificar os dados do cadastro rural de forma rápida e gratuita.

Publicidade

Publicidade

Além disso, de acordo com ele, a versão beta do projeto de blockchain é o resultado de um trabalho frutífero da Agência Estadual de Governo Eletrônico em conjunto com o Ministério da Política Agrária e da Alimentação da Ucrânia e a organização internacional Transparency International Ukraine, com participação do grupo Bitfury Group.

“A primeira a usar o nó do auditor foi a Transparency International, mas agora, qualquer organização pública ou pessoa pode fazer o download da Github e instalar um nó do auditor. Esta informação é pública”, acrescentou Ryzhenko.

O chefe do departamento disse também que na próxima etapa, que será implementada em um futuro próximo, existem planos de usar a tecnologia do registro distribuído para todas as operações que ocorrem no cadastro rural estadual.

Gleb Palienko, chefe de projetos estatais no grupo BitFury Group, expressou sua confiança de que, em breve, com a ajuda da tecnologia Blockchain, será possível “verificar o trabalho do sistema inteiro e não apenas suas partes”.

Lembramos que, em junho, foi assinado um memorando sobre a transferência do cadastro rural estadual da Ucrânia para a tecnologia Blockchain.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment