A empresa de transportes baseada em Odessa, Varamar, anunciou seus planos de passar a realizar transações em criptomoedas como forma de pagamento por seus serviços.

A empresa de transportes baseada em Odessa, Varamar, anunciou seus planos de passar a realizar transações em criptomoedas como forma de pagamento por seus serviços. De acordo com a Bloomberg, os representantes da empresa estão negociando com clientes a conclusão de um acordo piloto em um novo formato.

No futuro, a Varamar planeja aceitar Bitcoins de forma contínua. De acordo com os representantes da empresa, a criptomoeda pode facilitar o contato com clientes em países afetados por sanções. Ademais, trabalhar com essa tecnologia significa reduzir o número de documentos necessários para entrar em uma transação.

“Os documentos para transações são um problema difícil para os bancos, e os pagamentos em Bitcoin ajudarão a resolver esta questão muito rapidamente. Além disso, agora será mais fácil concluir acordos com países como Paquistão, Rússia, Sudão, Iêmen e Catar, em que existem empresas seguras”, comentou o fundador da Varamar, Alexander Varvarenko.

Note-se que a Ucrânia ainda não reconheceu as moedas criptográficas como um caixa oficial, apesar de os reguladores financeiros do país apoiarem a necessidade de sua regulamentação.