Vault lança carteira para tokens colecionáveis na App Store

Publicado em 15 de setembro de 2018 por

A startup Vault lançou uma carteira para o armazenamento de tokens não substituíveis e outros ativos criptomonetários colecionáveis. No momento, o aplicativo está disponível na App Store. Isso foi relatado pela CoinDesk.

John Egan, cofundador do projeto, enfatizou que o objetivo da empresa é criar uma maneira simples para que novos usuários não familiarizados com a Blockchain possam comprar e armazenar tokens colecionáveis.

De acordo com Egan, o problema com as carteiras existentes é que elas são orientadas para desenvolvedores, e não para usuários. Ele acredita que aplicativos descentralizados podem atrair novos usuários para a indústria.

“A [Vault] não fornece aos usuários muitas informações técnicas, apenas possibilitando o uso de [aplicativos descentralizados]”, salientou o co-fundador da startup.

No momento, a carteira não tem intenção de atribuir o preço aos tokens ou introduzir negociação de itens colecionáveis.

“É como nos primeiros anos das figurinhas de baseball. Você não as compra para vender 50 vezes mais caro depois de um tempo, apenas para armazená-las e trocar com os amigos. Eu acho que esta é uma ótima oportunidade para tokens colecionáveis. Você só quer tê-los e não lucrar com eles”, afirmou John Egan.

Vault lança carteira para tokens colecionáveis na App Store. BTCSoul.com

Usuários da carteira criptomonetária da Vault podem adicionar amigos como contatos, para que não precisem lembrar ou trocar longos e complexos endereços de carteiras.

“Nós não somos uma plataforma de cambio, não somos a Coinbase ou a Gemini, queremos ser uma ferramenta. Acho que, se formos bem-sucedidos em longo prazo, você vai ver que esse ecossistema vai florescer, bem como aconteceu com a Internet”, disse John Egan.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment