Volatilidade e liquidez o Bitcoin frente a outras criptos

Volatilidade e liquidez: como o Bitcoin se compara a outras criptomoedas. Um breve estudo com algumas Alts que estão em alta.

Publicado em 6 de janeiro de 2017 por

Willy Woo é um empresário, investidor anjo, comerciante de derivados e entusiasta de criptocorrência. Nesta peça de opinião, Woo analisa o desempenho histórico do Bitcoin e de outras criptomoedas que ele acredita já competirem contra ele como “moeda de pagamento”.

2016 foi um ano de propício para as criptomoedas focadas na privacidade.

Publicidade

Publicidade

Apenas como exemplo, no ano passado vimos à rápida valorização do Monero, o lançamento super esperado do Zcash e bombas subsequentes em outras ofertas semelhantes, incluindo Shadowcash e Navcoin.

Mas, embora possa parecer como estas criptos são algo novo ou apenas interesse passageiro, Woo diz que todas elas são “moedas de pagamento” competindo na batalha, e quem ganhar a guerra passa a ser dinheiro geral.

Woo explica mais a fundo

“Enquanto a maioria das Altcoins tendem a ser forjadas visando um mercado específico, o que torna as moedas de pagamento algo único é o enorme tamanho da vitória em potencial. Enquanto as empresas só podem capturar um segmento de mercado, o que efetivamente coloca um limite em sua avaliação, moedas de pagamento sendo um tipo de dinheiro generalizado pode capturar ‘oferta de moeda M2*’ como um teto, ou seja, trilhões.”

Publicidade

Publicidade

*M2 é um jargão financeiro que separa os tipos de ativos que valem dinheiro. Neste em específico se compreendem o “M2 representa dinheiro e ‘substitutos próximos’ por dinheiro.” – fonte: Wikipédia.

Em se tratando de moedas de pagamento, a liquidez e a baixa volatilidade são muito importantes para uma moeda ser útil para o comércio geral, com ambas as qualidades sendo cruciais para tornar tal moeda atraente para os consumidores finais carregarem sua carteira com elas. Se existe uma alta volatilidade, há muito risco em segurar aqueles fundos, e com liquidez insuficiente, recarga de carteira e taxas de comerciantes, dispostos a aceitar a dita moeda, serão elevadas.

Ao olhar para as qualidades combinadas de liquidez e estabilidade de preços em conjunto, como um índice de comércio, poderíamos ver outras moedas recuperarem o atraso com relação ao Bitcoin. Neste estudo, estaremos fazendo um mergulho mais profundo nessas duas qualidades individualmente.

Para o bem deste estudo, olharemos as moedas principais pela capitalização de mercado, ou seja, o Bitcoin, Monero, Dash, Zcash e Shadowcash. Todas essas moedas estão bem acima de US$ 5 milhões de capital de mercado. Outras moedas com menos de US$ 3 milhões de capitalização de mercado, como a Navcoin, foram excluídas.

Liquidez para moedas de pagamentos

Por razões de comparativas, os mercados de taxa zero para o Bitcoin na China foram ignorados, porque os volumes podem ser forjados facilmente. Se os tivéssemos incluído, você poderia multiplicar os volumes de Bitcoin de 10x a 100x.

A liquidez das moedas de pagamento alternativas esteve em rápido crescimento em 2016, particularmente no caso do Monero (que, se a tendência de 2016 continuar, ela poderia se igualar ao Bitcoin no prazo de apenas um ano). Mas, há um argumento aqui que a liquidez pode subir rapidamente após a introdução de uma nova moeda, como pode ser visto pelo crescimento íngreme de liquidez do Bitcoin nos seus primeiros dois anos.

Podemos também notar que a introdução da Zcash se iniciou com notável liquidez, níveis semelhantes ao que Monero e o Dash desfrutam hoje, mas que levou dois a três anos para estes serem alcançados. Levando isso em conta, é bastante claro que a liquidez pode ser ganha muito rapidamente.

Volatilidade das moedas de pagamento

Indiscutivelmente, alcançar uma baixa volatilidade é mais importante do que ter pura liquidez, pois isso é fundamental para a adoção em massa.

Os consumidores precisam ter certeza de que uma moeda de pagamento está estável antes de carregarem suas carteiras. Se o preço do token oscilar descontroladamente, como vimos nos primeiros dias do Bitcoin, pouquíssimas pessoas segurariam os fundos em suas carteiras, e não haveria nenhuma chance para a adoção do usuário.

É o pré-requisito, se ninguém está usando sua moeda por causa da alta volatilidade, então quem se importa se você tem liquidez para ajudar na redução das taxas do comerciante?

Nesta seção, repassaremos a análise de Woo enquanto ele tenta prever a tendência de volatilidade de cada moeda de pagamento.

Volatilidade do Bitcoin

O Bitcoin está bem no caminho para ser a moeda mais estável do mundo. A estabilidade de preços acontece nas exchanges. Se você quer comprar ou vender uma moeda, e há milhões de compradores ou vendedores no outro lado, que comprarão ou venderão para você, então haverá uma mudança muito pequena no movimento do preço de seu comércio.

Quando olhamos para os mercados de cambio (FOREX), as ordens de compra e venda compreendem um comércio especulativo, comércio internacional e remessas. O comércio nacional dentro de uma moeda nunca atinge os níveis de negociação de forex.

Mas com o Bitcoin, quase todo o comerciante e a atividade de remessa batem as negociações para converter ao dinheiro local, assim existe o potencial para um livro de ordem, recheado de intenções de compra e venda, muito mais profundo. Outra maneira de dizer isso é que com o Bitcoin, cada xícara de café que você compra, em qualquer lugar do mundo, aumenta a estabilidade do mercado.

Seu teto na estabilidade deve ser ordens de magnitude mais elevadas do que as moedas fixas. O estudo de Woo concluiu que o Bitcoin iria atingir o nível de volatilidade das moedas fiduciárias em meados de 2019, que na opinião do autor é um nível que irá criar um feedback positivo um loop que leva a mais conforto para o público lidar com a moeda.

Isso deve abrir o caminho para o Bitcoin como uma moeda viável ao público em geral, para o uso do dia-a-dia do comércio, aumentando ainda mais a sua estabilidade. Uma conclusão paralela era que as startups de pagamento, como o BitPay, são muito novas, e que seu momento chegará em 2-3 anos.

Volatilidade do Monero

O Primeiro em nossa lista de moedas de pagamento alternativa é o Monero, a maior moeda de pagamento, atrás apenas do Bitcoin.

Infelizmente, o Monero ao longo dos seus 2,5 anos de história tem mostrado uma tendência crescente na volatilidade, e temos visto muito mais especuladores empurrando o preço em torno de suas faixas de preço de 2016.

Aqui, vemos como manter a alta liquidez e volatilidade baixa pode ser como puxar em extremidades opostas de um cabo-de-guerra. Muitas vezes a alta volatilidade atrai os comerciantes que, em seguida, alimenta um aumento na liquidez, fazendo o sobe e desce do gráfico.

Embora o Monero possa estar perdendo em volatilidade reduzida, ele tem uma característica muito importante. Ao contrário do Dash, Zcash e Shadowcash, é único que não é uma cópia modificada do protocolo do Bitcoin, por isso tem uma chance de ganhar a guerra de moedas de pagamento. Assim sendo, o Monero se torna uma boa alternativa ao Bitcoin.

Volatilidade do Dash

O Dash foi agradavelmente surpreendente, mostrando uma redução de volatilidade em linha com o Bitcoin, e uma taxa de liquidez lentamente escalando, que se permanecer assim, poderia alcançar o Bitcoin em um ou dois anos.

Em termos de atraso, o Dash está cerca de 18 meses atrás Bitcoin em volatilidade, mas improvável que o alcance, se a sua tendência atual continuar.

Aproximadamente 65% dos fundos do Dash estão presos no MasterNode, o que cria um fluxo de moeda para os proprietários do MasterNode. Também vale lembrar que 10% das recompensas do bloco são revertidas para desenvolver a rede. Este fluxo fechado poderia ser responsável pela menor volatilidade do Dash.

Trocando em miúdos, a teoria é que a oferta reduzida da moeda acaba aprofundando o livro de ordens de compra e venda e a adoção continuada da moeda, finalmente, reduz a volatilidade.

Volatilidade do ZCash

O ZCash é o novo garoto no bloco, com apenas seis semanas de idade, não tem tempo suficiente no mercado para sequer calcular um único ponto de volatilidade de 60 dias em um gráfico.

Se checarmos 30 dias de volatilidade da cripto, ela variou entre 90% e 9500%. Isso está literalmente fora das paradas, então precisamos esperar algum tempo antes de vermos tendências significativas.

Volatilidade do ShadowCash

O Shadowcash, como o SDC, está fazendo incursões com liquidez, com pouco mais de dois anos para atingir liquidez Bitcoin, se as tendências de 2016 forem sustentadas.

A partir dos dois anos de história desta moeda, podemos ver uma ligeira redução na volatilidade, mas de qualquer forma não há indício de que ela irá recuperar o atraso com relação ao Bitcoin. Como o Dash, esta moeda permite especular com um retorno de 3-4% para os titulares em comparação com o Dash, que proporcionou no mesmo período 10-11% retornos.

Esta poderia ser a razão para o declínio proporcionalmente menor da SDC na volatilidade em relação ao Dash.

Conclusões

Woo diz que começou este estudo para verificar suas suposições de que Bitcoin estava bem à frente das outras moedas alternativas. O que os dados apenas confirmaram parcialmente esta suposição.

A liderança do Bitcoin na liquidez não é inquestionável, o Monero poderia igualar-se ao BTC em um ano, enquanto o Dash e o ShadowCash poderiam alcançá-lo em pouco mais de dois.

Isso ignora os mercados de taxa zero do Bitcoin, que são colossais, então talvez não seja uma comparação justa. Provavelmente a comparação mais precisa seria olhar para o volume de transações em cadeia dados, que são difíceis de obter, envolvendo estimativas de valores de transação (tecnicamente, uma estimativa de mudanças de saída e volta para o remetente).

Curiosamente, os mecanismos de participação do Dash e shadowcash (que distribuem pagamentos a mais participantes do que apenas mineradores) parecem estar fazendo uma diferença significativa na redução da volatilidade. Isto não é de modo algum conclusivo, mas em teoria faz sentido.

Todos os concorrentes do Bitcoin possuem recursos que estão faltando ao Bitcoin, tempos de confirmação mais rápidos e pagamentos privados. Ambos os recursos provavelmente estarão chegando ao Bitcoin como protocolos de camada dois em 2017.

Se e quando isso acontecer, a batalha por pagamentos e dinheiro em geral será travada apenas no campo de atuação dos efeitos da rede econômica, no de liquidez e volatilidade.

O Bitcoin continua a ser o principal candidato a este respeito.

Aviso: Este artigo não pretende fornecer, e não deve ser tomado como, conselho de investimento.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment