Vulnerabilidade em rede Bitcoin é usada para emitir 235 milhões de Pigeoncoin

O recentemente corrigido bug CVE-2018-1744 foi anteriormente utilizado para emitir 235 milhões de Pigeoncoin (PGN), o que equivale a US$15 mil.

Publicado em 3 de outubro de 2018 por

O recentemente corrigido bug CVE-2018-1744 foi anteriormente utilizado para emitir 235 milhões de Pigeoncoin (PGN), o que equivale a US$15 mil. Isso foi relatado pela CoinDesk.

As moedas colocadas no mercado representam quase um quarto da oferta total de PGN no mercado. Vale ressaltar que o ativo ocupa o 1.446º lugar na classificação da Coinmarketcap e é representado em uma corretora pouco conhecida, a CryptoBridge, que suspendeu a negociação do PGNB durante período da eliminação do bug.

Assim, a ameaça que o bug carregou por dois anos acabou sendo bastante real: como observaram os desenvolvedores do Bitcoin Core, a exploração da vulnerabilidade permitiu que um invasor interrompesse quase 90% dos nós da rede do BTC.

“Agora sabemos que, na realidade, as criptomoedas são muito vulneráveis. Este não é um problema vago que só existe em teoria”, afirmou o desenvolvedor Scott Roberts.

O bug apareceu na versão 0.14.0 do Bitcoin Core, que foi lançada em novembro de 2016, e afetou todas as subsequentes versões até a versão 0.16.2. Sua exploração permitiu interromper a rede ao tentar validar um bloco contendo uma transação que tenta gastar a mesma entrada duas vezes. Esse bloco seria inválido e só poderia ser criado por mineradores dispostos a recusar uma recompensa de 12,5 BTC (pouco mais de US$80 mil).

Outra confirmação da ameaça representada pelo CVE-2018-1744 é o fato de que na semana passada, uma pessoa desconhecida realizou uma operação com retirada dupla de 0,1 BTC na rede de teste do Bitcoin. Segundo especialistas, um dos membros da rede não atualizou o software e isso levou ao surgimento de duas versões da testnet no bloco nº 1414411.

Na rede de teste atualizada, o bloco com o mesmo número continha 195 transações e foi extraído uma hora depois. A principal rede do Bitcoin não foi afetada.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment