Waves lança codigo de descentralização da rede

Cryptopia suspendeu a adição de novos tokens baseados em Waves por causa do hard fork

Publicado em 18 de novembro de 2016 por

Waves lança código de node completo para aumentar a descentralização da rede.

Ao permitir que a plataforma Waves descentralize ainda mais, ela aumentará a potência do computador, se tornará mais segura e servirá como base para outros aplicativos distribuídos (dApps). Além disso, como as empresas e clientes podem lançar seus próprios tokens de aplicação de cliente (CATs) em Waves, as empresas terão maior oportunidade de se envolver com seus clientes usando trilhos modernos, transparentes e baseados em blocos.

Publicidade

Publicidade

Peter Godbolt, desenvolvedor principal da Incent, disse:

“A Waves tem uma ótima funcionalidade que a torna muito boa para o que estamos tentando fazer com a Incent, então é bom ter o software pronto a tempo testá-lo um pouco, antes de lançarmos nosso token. Uma das primeiras coisas que vamos fazer é executar um nó completo, é claro, para ver como as waves suportam as transações.”

Todos os tokens criados usando a plataforma da Incent terão um suprimento finito, adicionando assim credibilidade ao incentivo. Uma vez que a distribuição inicial de moedas ocorra, não haverão mais moedas lançadas ou emitidas. Tal segurança, no entanto, significa que os Tokens podem subir de valor, o que por sua vez torna os incentivos mais fortes.

“As milhas aéreas são amplamente consideradas a recompensa de fidelidade mais eficaz na vida, mas mesmo elas têm utilidade e meias-vidas muito restritas”, disse o CEO Rob Wilson. “Agora imagine uma milha aérea que qualquer comerciante pode oferecer como um incentivo para transacionar; Uma milha que é entregue instantaneamente, pode ser gasta em qualquer lugar, que nunca expira ou deprecia em valor. Isso é a Incent.”

Publicidade

Publicidade

Esta infraestrutura de blockchain é específica para esses casos, e seu uso tem como objetivo provar o valor da tecnologia em segmentos de nicho onde há uma necessidade significativa de ir além do rastreamento de papel, em direção a um modelo de “Valor Aberto”, como diz Incent. Como as empresas grandes e tradicionais medem os programas de recompensas, a esperança é que tanto as pequenas como as grandes empresas possam compartilhar esse valor de fidelidade com seus clientes.

A tecnologia Blockchain ainda não encontrou um caso de uso de ‘app assassino’ e, através da medição do engajamento de clientes em uma blockchain, talvez tanto os clientes quanto as empresas possam se envolver de uma nova maneira. Ter transparência em código e operação de nó é uma boa prática para a indústria, e a Incent está provando diretamente a sua intenção de ficar dentro de tais práticas.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment