Wells Fargo proibe compra de Bitcoin através de cartões de crédito

A IFinex Inc. (Operadora da bolsa de Bitcoin Bitfinex) e a Tether Ltd. disseram que o banco americano Wells Fargo parou de pagar as transações de saída de suas unidades financeiras de Taiwan

Publicado em 13 de junho de 2018 por

Seguindo outras grandes instituições financeiras nos Estados Unidos, a empresa financeira Wells Fargo & Co anunciou a proibição da compra de Bitcoins e outras criptomoedas através de seus cartões de crédito. Isso foi relatado pela Вloomberg.

Enquanto a proibição da compra de criptomoedas estiver vigente, o Wells Fargo “continuará avaliando o problema conforme o mercado se desenvolve”, assim como afirmou a porta-voz da empresa, Shelley Miller.

Publicidade

Publicidade

Nesse contexto, o Wells Fargo se juntou ao Citigroup Inc., JPMorgan Chase & Co. e ao Bank of America Corp., que, em fevereiro, também limitaram a compra de criptomoedas através de seus cartões de crédito, citando a volatilidade do mercado e os riscos de crédito.

Como observaram os representantes das organizações, o temor é de que seja cobrado se, ao adquirir uma criptomoeda, o cliente perder dinheiro e não puder pagar o empréstimo.

De acordo com a pesquisa conduzida no ano passado pela LendEDU, aproximadamente 18% dos investidores que compram Bitcoin utilizam um cartão de crédito para isso, sendo que destes, 22% não conseguem pagar o saldo depois de comprar os tokens.

Vale ressaltar que em dezembro de 2017, o chefe do departamento de fundos de ações da Wells Fargo Securities, Christopher Harvey, disse que o colapso das criptomoedas pode ter um impacto muito negativo sobre o mercado tradicional de ações.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment