Winklevoss acusam Charlie Shrem de roubar 5 mil Bitcoins

Os famosos irmãos gêmeos, Cameron e Tyler Winklevoss,  publicaram no blog da corretora Gemini uma proposta para criar uma organização auto-reguladora para o desenvolvimento da indústria de criptomoedas.

Publicado em 6 de novembro de 2018 por

Os irmãos Cameron e Tyler Winklevoss, fundadores da corretora Gemini, entraram com uma ação contra o empresário Charlie Shrem, acusando-o de roubar 5 mil BTC. Isso foi relatado pelo New York Times.

Segundo a publicação, os eventos descritos no processo pertencem a 2012, época em que os irmãos deram a Shrem um total de US$1 milhão para comprar Bitcoins para eles. Posteriormente, no entanto, os Winklevoss perceberam que não recebiam Bitcoins no valor total.

Eles afirmam que pediram para Shrem que devolvesse os Bitcoins que estavam faltando, mas que seu pedido nunca foi satisfeito.

Agora, eles exigem o retorno de cerca de 5 mil Bitcoins (quase US$32 milhões na taxa de câmbio atual) através do tribunal. Vale notar que, no momento da transação em 2012, o Bitcoin valia cerca de US$12,5.

Além disso, Cameron e Tyler Winklevoss ficaram interessados nas compras que Charlie Shrem fez imediatamente depois de deixar a prisão, onde cumpriu sentença por lavagem de dinheiro e prestação de serviços financeiros sem licença através de sua corretora BitInstant.

“Ou Shrem foi extremamente bem-sucedido após ser libertado da prisão, ou, mais provavelmente, ele adquiriu seis propriedades na Flórida no valor de US$2 milhões, dois carros esportivos Maserati, dois barcos e outras propriedades através dos 5 mil Bitcoins que roubou e que cresceram em preço”, diz a declaração de reivindicação.

Os advogados de Shrem argumentam que parte dos ativos de seu cliente foi congelada durante os procedimentos legais.

“A declaração de reivindic06er e restaurar seu bom nome”, salientou o advogado de Shrem, Brian Klein.

Charlie Shrem ainda não comentou a situação.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment