WSJ: preços do mercado criptomonetário são formados por bots de negociação

A correção do Bitcoin em 2018 não repetirá cenário de quatro anos atrás devido a significativas mudanças na estrutura do mercado. Esta suposição foi feita pelo analista e investidor de criptomoedas Willie Wu

Publicado em 3 de outubro de 2018 por

Muitos especialistas estão convencidos de que o sub-regulamentado mercado de criptomoedas é dominado por bots de negociação, e que eles afetam significativamente os preços. Isso foi relatado pelo Wall Street Journal.

Negociações algorítmicas são extremamente comuns não apenas no mercado tradicional, como também no mercado de criptomoedas, que, segundo os reguladores financeiros, é altamente suscetível à manipulação. Acredita-se que esta última é a razão pela qual a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) continua a rejeitar pedidos de lançamento dos ETFs de Bitcoin.

De acordo com o cofundador da CoinList, Andy Bromberg, com o passar do tempo, o problema se torna mais urgente, adquirindo proporções globais.

Apenas um bot é capaz de manipular o mercado inteiro

Stefan Qin, sócio-gerente do fundo de hedge Virgil Capital, observou que sua empresa usa seu próprio software desenvolvido para neutralizar bots “malignos” em dúzias de corretoras criptomonetárias ao redor do mundo. Algum tempo atrás, um certo “bot-terrorista” causou muitos problemas para a corporação, que sofreu perdas em transações com a Ethereum.

De acordo com Qin, o software rastreava os preços das criptomoedas a cada minuto para identificar oportunidades de arbitragem. O bot maligno colocava ordens de venda a um preço reduzido, forçando a Virgil a comprar. No entanto, imediatamente antes da implementação da transação, esse bot removia as ordens de venda. Como resultado, o programa acumulava pedidos de compra que provocavam aumento de preços em várias corretoras.

O processo de colocação de pedidos falsos e seu posterior cancelamento é conhecido como spoofing. Ele cria a ilusão de uma demanda ou oferta excessivamente alta no mercado, enganando os traders.

Há também quem está a favor das manipulações

Alguns ardorosos opositores da regulamentação do mercado de criptomoedas argumentam que não há nada de errado com as manipulações de mercado e até apoiam abertamente tais ações.

Por exemplo, o trader Kjetil Eilersten criou o programa Quatloo Trader, que descreve como “a principal ferramenta para manipulação de mercado”. Em uma conversa com o WSJ, ele observou que não faz nenhum sentido para os reguladores proibirem a manipulação do mercado. Em vez disso, é melhor fornecer aos pequenos traders ferramentas avançadas para manipular o mercado. Segundo Kjetil, isso equaliza as capacidades de seus participantes.

“Se todo mundo manipula, ninguém está manipulando de verdade”, compartilhou Eilersten.

Os bots são a base para esquemas de Pump&Dump

Os bots de negociação geralmente desempenham um papel fundamental nos esquemas de Pump&Dump, levando multidões de participantes inexperientes do mercado a comprar em altas.

O software Quatloo Trader tem uma espécie de “ferramenta para baleias”, que permite implementar “estratégias ilegais”. Uma das funções é o chamado “pingue-pongue”, que permite que os usuários realizem transações de compra e venda com eles mesmos, criando a ilusão de uma negociação muito ativa no mercado, e inflando artificialmente os volumes de negociação e os preços dos ativos. Tais operações são chamadas de “wash trades” e são proibidas nos mercados financeiros tradicionais.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment