Como minerar Bitcoin e criptomoedas com lucro

cloud mining crypto btcsoul

Publicado em 13 de maio de 2017 por

A mineração é uma atividade altamente lucrativa que tem atraído os olhares de muitas pessoas, até mesmo daqueles que nem sequer sabem direito o que é um Bitcoin ou uma criptomoeda. Assim sendo vamos agora a uma rápida descrição dos melhores serviços de mineração da net, explicando como você pode ter lucro com eles.

Os links para os serviços descritos aqui são “referrals”, ou seja, quando você faz uma compra com eles, nós ganhamos uma pequena porcentagem. Contudo, nosso compromisso é com você, caro leitor. Por isso, em nenhuma hipótese, o fato de ganharmos com eles influenciou na nossa análise de seus serviços.

Publicidade

Publicidade

Mineração em nuvem ou em hardware

A mineração sempre atraí pessoas pelo possível lucro com a operação. Contudo, muitas pessoas confundem o que é fazer mineração em nuvem com a de hardware. A diferença é simples: Na mineração em nuvem você está comprando uma certa taxa de mineração por uma quantia limitada de tempo, já na de hardware você vai comprar um equipamento especializado que minera.

Sites como Bitmain.com e outros vendem equipamentos de mineração, mas o preço é salgado e, como a dificuldade do em minerar o Bitcoin e outras criptomoedas apenas aumenta com o tempo, é provável que você acabe ficando sem tirar o lucro.

Por exemplo, digamos que você compre a melhor mineradora do mercado, a S9, que minera em até 11,5 Th/s no protocolo do Bitcoin. Numa conta simples, você vai acabar quase fazendo o mesmo valor que pagou por ela em 9~10 meses, e até lá a dificuldade na mineração do Bitcoin já vai ter deixado você chupando o dedo.

Publicidade

Publicidade

Assim sendo, em sã consciência não tenho como recomendar a mineração de hardware no Bitcoin para ninguém. Contudo, outras criptomoedas já usam processos diferentes, os quais podem ser feitos a partir de placas de vídeo, como a Radeon R9, deixando o processo um pouco lucrativo. Mas nisso você terá de lidar com a programação para fazer a mineração, seleção da moeda, pool e etc. Em um post futuro falaremos mais disso.

Mineração em nuvem

Agora que já explicamos as razões pelas quais preferimos a mineração em nuvem, vamos distinguir as diferenças entre os tipos de mineração em nuvem existentes no mercado. Nesse caso temos dois tipos, a mineração em nuvem que pode ser comprada através de uma empresa e a mineração em nuvem p2p, que você compra por um período de tempo de alguma pessoa que possua o equipamento em um lugar que a energia não é tão cara quanto no Brasil.

Entretanto, para se certificar de que está entrando em algo que trará dinheiro ao invés de tomar, não se esqueça de verificar a lucratividade antes de comprar mineração em nuvem de qualquer tipo.

Empresas que fornecem mineração em nuvem

#1 – Genesis Mining

Essa empresa de mineração em nuvem está online desde os primórdios da mineração, sendo confiada por muitos na comunidade cripto. Hoje em dia, ela oferece muito mais do que apenas mineração em Bitcoin, também permitindo que você compre mineração de ZCash, Dash, Monero e Ethereum. Vale a pena conferir o site deles (que é em português) e entender melhor a proposta.

Ah, a partir desse link você consegue um desconto na sua primeira compra (esse desconto também é disponibilizado com o código 0Z6LWm).

#2 – Hashing 24

Apesar de não ser tão antiga quanto a Genesis Mining, a Hashing 24 tem realizado os pagamentos das pessoas que investem em sua mineração até a data, eles ainda fornecem uma calculadora para você verificar o lucro possível, mas é preciso ajustá-la de acordo. Outra questão é que eles apenas fornecem mineração em Bitcoin. Se quiser checar como funciona o sistema deles mais a fundo, basta clicar aqui.

#3 – MinerGate

Existem muitos serviços que imitam o MinerGate, então, sempre esteja atento ao endereço no seu navegador, tendo certeza de que ele começa com “https://” e quer dizer o nome é MinerGate, não qualquer outro. Agora falando do serviço de mineração em nuvem, eles, inicialmente, são uma pool de mineração. Se você não sabe pool de mineração é uma associação de mineiros que usam seu equipamento juntos, repartindo as recompensas. Isso já fala bem da integridade do serviço deles.

No mais, eles apenas suportam mineração de Bitcoin no serviço de mineração em nuvem deles no momento, mas caso você tenha equipamento e queira tentar minerar na pool deles, isso também é possível. Para ir até o site deles e entender melhor a proposta de mineração em nuvem, clique aqui.

#4 – ViaBTC

A ViaBTC, anteriormente apenas uma pool de mineração como a MinerGate, agora também oferece o serviço de mineração em nuvem a um ótimo preço. Eles também possuem uma ótima reputação no mercado, realmente cumprindo o combinado. Clique aqui para ir até o site deles e começar a minerar.

Sites de mineração em nuvem p2p

Assim como nas corretoras de criptomoedas, nesses sites você verá uma concorrência entre os mineiros, cada um colocando seu preço mais barato possível para alugar a capacidade de mineração que possuem. Abaixo listamos os melhores e mais confiáveis sites que fornecem esse serviço.

#1 – Nicehash

De longe o site com o melhor custo x benefício para a mineração em nuvem p2p. Aqui você verá mineradores de todo o mundo alugando seu poder de mineração para você por valores que realmente cabem no bolso. Conhece uma moeda nova e ninguém ainda a vende? Aqui na NiceHash você consegue sair na frente e minerar ela investindo pouco. Além disso, ainda existe a possibilidade de minerar em qualquer protocolo existente no mundo das criptomoedas.

Quando estiver usando a Nicehash, vale lembrar que as ordens dele apenas funcionam por 24 horas. Então, se quiser minerar por mais tempo do que isso, você terá de inserir uma nova ordem, mas as chances de lucro são imensas. Clique aqui para ir até o site deles e ver como é divertido minerar lá.

#2 – MiningRigRentals

O modelo do MiningRigRentals é um pouco mais complexo do que a do Nicehash, mas ainda sim a plataforma oferece uma visão mais detalhada da quantidade de hash contratada, permitindo que você selecione os mineiros individualmente, podendo verificar em suas qualificações se ele realmente fornece o que promete ou não.

Caso você minere com eles e acabe sentindo-se prejudicado, é altamente recomendado enviar um ticket para o suporte deles, pois você acaba conseguindo seus BTC de volta. Para testar o MiningRigRentals, clique aqui.

Nota: Por mais que seja relativamente mais barato, e seguro, usar as plataformas de mineração em nuvem p2p, vale lembrar que você terá de fazer alguns ajustes para começar a minerar sua moeda preferida por lá. Ou seja, escolher uma pool ou então ter os dados para minerar sozinho. Isso pode ser um pouco complicado, em um tutorial futuro vamos explicar como fazer isso em mais detalhes.

Como lucrar usando mineração em nuvem

O maior problema da mineração em nuvem é que às vezes, o custo é muito maior do que o benefício e você termina ficando com menos que começou, com uma moeda que não vale o valor que você pagou para minerá-la. Vamos agora a uma tática para calcular se a mineração é lucrativa ou não.

No site CoinWarz.com você tem a oportunidade de selecionar o protocolo que deseja calcular separadamente, escolhendo a emissão da moeda e a dificuldade para ter uma noção de como seu contrato de mineração vai funcionar.

Basicamente, vá na guia de “mining calculators” e selecione a criptomoeda que você deseja minerar. Após isso insira os valores de hash que você planeja comprar e coloque um 0 (zero) nas guias “Power” e “Power cost”. Na sequência é só apertar em no botão “Calculate”, rolando um pouco a tela após ela se recarregar.

Numa tabela irá aparecer a quantidade de moedas que você minerará nessas condições por um certo período de tempo, desde por hora para até anualmente. Então é só ver se o custo x benefícios da operação vale realmente a pena para você.

Assim, você sempre entra na mineração sabendo se é possível ter lucro ou não. Com esse método também é possível descobrir se e quando os contratos de mineração irão lhe render algum lucro ou ao menos se pagarem. Em breve estaremos com um tutorial completo sobre como fazer esse cálculo.

Publicidade

Publicidade

Thiago
Thiago é co-fundador e o suporte técnico, famoso faz-tudo, por trás do BTCSoul. Para ele o interesse nas criptomoedas, Blockchain e Bitcoin se encontra também em seu código.

comentário sobre

  1. Max Wylerson F de Medeiros

    Muito interessante o artigo. Eu sou ainda mais curioso do que investidor/minerador de criptomoedas. Ainda não tinha encontrado artigos assim. Parabéns!

Leave a Comment