As autoridades da aldeia japonesa de Nishiawakura, na província de Okayama, anunciaram o início de sua Oferta Inicial de Moedas (ICO). Autoridades vinham estudado a possibilidade de fortalecer a economia da aldeia através de uma Oferta desde de novembro de 2017.

As autoridades da aldeia japonesa de Nishiawakura, na província de Okayama, anunciaram o início de sua Oferta Inicial de Moedas (ICO). Autoridades vinham estudado a possibilidade de fortalecer a economia da aldeia através de uma Oferta desde de novembro de 2017. Isto foi relatado pelo portal Bitcoin.com.

Com a ajuda da ICO e de sua própria criptomoeda, as autoridades esperam obter dinheiro para “uma economia regional sustentável no futuro, fornecendo novos recursos financeiros às autoridades municipais e desenvolvendo a região com a ajuda de investimentos iniciais”.

Vale notar que a aldeia tem aproximadamente 1,5 mil habitantes, sendo que 95% de sua área é ocupada por florestas. No início dos anos 2000, quando todos os municípios do país se uniram para formar distritos municipais, Nishiawakura conseguiu manter-se como uma aldeia economicamente independente e, desde então, as autoridades vêm buscando recursos para seu desenvolvimento.

A associação da economia local lançará tokens denominados Nishiawakura Coin (NAC). Entre outras coisas, os proprietários de moedas terão direito a voto, o que lhes permitirá participar da tomada de decisões em relação às empresas no território da aldeia.

“Vamos agir de acordo com a legislação local e regras para a autorregulação da indústria de criptomoedas, desenvolvidas pela Associação Japonesa de Corretoras Criptomonetárias”, afirmaram, em comunicado, as autoridades.

Vale ressaltar que ainda este ano, em fevereiro, autoridades japonesas anunciaram a criação de um ambiente regulatório para ICOs.