Ambrosus ICO visão tecnica

Vale apontar que mesmo antes da venda pública, o projeto Ambrosus já contou com uma ajuda financeira de mais de 30 milhões de dólares do governo de Cantão de Vaud na Suíça, com o propósito de integrar a tecnologia blockchain, contratos inteligentes e sensores de ponta para melhorar as cadeias de fornecimento globais e capacitar os consumidores com o conhecimento de onde os produtos são originários e se eles são o que eles afirmam ser.

Publicado em 14 de setembro de 2017 por

Ambrosus – um olhar técnico para a ICO que promete revolucionar a maneira como você faz compras

Em nosso post anterior, falamos sobre a Ambrosus, uma plataforma IoT (Internet of Things) construída na blockchain da Ethereum, dedicada a trazer transparência aos setores alimentícios e farmacêuticos. O sistema será usado em conjunto com sistemas existentes. Isso significa que eles otimizaram canais de distribuição existentes entre distribuidores, varejistas e empresas de logística. Neste post de hoje vamos abordar os aspectos técnicos desta plataforma que tende a revolucionar a maneira como realizamos nossas compras no dia a dia.

Publicidade

Publicidade

Vale apontar que mesmo antes da venda pública, o projeto Ambrosus já contou com uma ajuda financeira de mais de 30 milhões de dólares do governo de Cantão de Vaud na Suíça, com o propósito de integrar a tecnologia blockchain, contratos inteligentes e sensores de ponta para melhorar as cadeias de fornecimento globais e capacitar os consumidores com o conhecimento de onde os produtos são originários e se eles são o que eles afirmam ser.

Segue aqui então um breve sumário sobre esta ICO:

Sumário
  • Nome do Projeto: Ambrosus
  • Símbolo do Token: AMB
  • Site: https://ambrosus.com/
  • Whitepaper: https://ambrosus.com/assets/Ambrosus-White-Paper-V8-1.pdf
  • Hard cap: CHF 100 milhões (Os contribuidores da ICO possuem 40% do total de token se a meta do hard cap for atingida)
  • Soft Cap: Não há
  • Taxa de Conversão: 1 ETH = 1,000 AMB
  • Máxima capitalização de mercado durante a ICO: CHF 250 milhões se a meta de hard cap for atingida
  • Estrutura de bônus: 10% para contribuinte mais de 300 ETH / 20% para contribuinte mais de 1,600 ETH / 30% para contribuinte mais de 3,200 ETH
  • Pré-venda / lista de preferência disponível: Pré-venda se esgotou
  • É um token ERC20? Sim
  • Cronograma: de 15 de setembro de 2017 até 13 de outubro de 2017.
  • Data de distribuição do Token: até o fim da ICO

Existem ainda diferentes componentes do Ecossistema da Ambrosus:

  • Sistemas de sensores: Hardwares que se comunicam diretamente com a rede blockchain da Ambrosus. Estes hardwares incluem uma série de dispositivos analíticos não invasivos e rápidos para a medição no local de amostras biológicas. É uma grande inovação e muitas ICO’s não contam com uma aplicação no mundo real.
  • Blockchain:  Através da tecnologia Blockchain o protocolo da Ambrosus se auto-executará por conta dos Smart Contracts da tecnologia Ethereum, baseados em dados seguros e de qualidade gerados pelos sensores.
  • Descentralização: todas as leituras dos processos são imutáveis e guardados seguramente de uma maneira descentralizada, garantindo segurança contra hackers, manipulação de dados e fraudes.
  • Ferramentas comunitárias para desenvolvedores: Existem ferramentas para que membros da comunidade Ambrosus criem dApps, atualizações e extensões de protocolos, criando soluções para a sociedade, incluindo consumidores, agricultores, farmácias, distribuidores e empresários.

Então para que serve o Token da Ambrosus?

Ele têm três funções principais :
  1. Primeiro, é a “reflexão” digital do produto que está rastreando, carregando todas as informações e dados de sensores sobre ele. Consumidores vão decidir se um produto é nocivo ou não à sua saúde baseado nas informações contidas;
  2. Em segundo lugar, serve de incentivo para que os primeiros usuários da plataforma usem a moeda e para que os desenvolvedores criem dApps;
  3. Terceiro, dá acesso à plataforma.

Mas então o que faz a plataforma?

A plataforma baseada na Blockchain, desempenha 5 principais tarefas:
  • Registrar dados de alimentos em toda a cadeia de suprimentos;
  • Garantir que as regras de Compliance entre a qualidade dos alimentos e as exigências dos clientes sejam cumpridas;
  • Criar um mercado peer-to-peer de alimentos com qualidade garantida;
  • Permitir a agregação de compras e entregas;
  • Integração com os sistemas de pagamentos e inventários já existentes.

A moeda pode ser usada por produtores, fornecedores, varejistas, restaurantes, empresas de logística e outros consumidores para interagir e usar a plataforma. Os desenvolvedores também poderão criar aplicativos que interagem entre qualquer uma das partes (consumidor-varejista, vendedor-produtor, etc.), criando um ambiente peer-to-peer.

Publicidade

Publicidade

A razão pela qual o Ambrosus tem tanto potencial é devido às suas aplicações corporativas. Sua tecnologia poderia ser usada por empresas como Walmart, Aldi ou qualquer outro grande fornecedor de alimentos. Os benefícios desse sistema de coleta e retenção de dados são ilimitados. Cada detalhe de entrega, exibição e vendas de produção estará disponível para ser analisado de inúmeras maneiras. As empresas estão sempre tentando encontrar maneiras de enxugar alguns centavos ou economizar tempo, pois, uma pequena mudança poderia economizar milhões.

E quando se iniciará a venda de Tokens???

Conforme postado no blog da Ambrosus, a venda de tokens foi adiada da data inicialmente firmada de 13 de setembro para o dia 15 de setembro, como uma medida de segurança.

Segue parte da mensagem postada no blog:

“As a result of the intense attention that TGEs have garnered over the past few months, and the large amounts of money that can potentially be stolen by infiltrating them, TGEs have become the target of choice in the criminal hacking community.

The Ambrosus team is conscious of the threats and, with the assistance of some of the world’s most accomplished security professionals, are making extraordinary efforts to ensure that every participant in our TGE is able to participate safely and uneventfully.”

“Como resultado da intensa atenção que os TGEs conquistaram ao longo dos últimos meses, e as grandes quantias de dinheiro que podem ser roubadas infiltrando-os, os TGEs se tornaram o alvo de escolha na comunidade de hackers criminosos.

A equipe da Ambrosus é consciente das ameaças e, com a ajuda de alguns dos profissionais de segurança mais bem sucedidos do mundo, estão fazendo esforços extraordinários para garantir que todos os participantes do nosso TGE possam participar de forma segura e sem complicações “.

Minha consideração sobre isso é que a equipe da Ambrosus foi muito prudente em adotar medidas adicionais de segurança, sendo que diariamente mais e mais ICO’s são alvos de pessoas más intencionadas e hackers. Isso pode aumentar ainda mais a confiabilidade dos investidores de que o token AMB é uma moeda sólida e segura e que durante a venda os contribuintes estarão livres de qualquer preocupação em relação à sua segurança.

Pós ICO

De acordo com o Post ICO Road Map, o Alfa está agendado para ser lançado em Outubro deste ano. Nós da BTC Soul aguardaremos ansiosamente para testarmos esta plataforma e em breve escreveremos novos artigos.

Para mais informações sobre esse projeto:

https://ambrosus.com/#tech-docs

https://blog.ambrosus.com/

https://t.me/AmbrosusAMB

https://www.linkedin.com/company/ambrosus

https://twitter.com/AmbrosusAMB

https://www.facebook.com/ambrosusAMB

https://www.reddit.com/r/ambrosus/

https://t.me/AmbrosusAMB

 

Publicidade

Publicidade

Crypto Cypher
Cryptocypher é criptoanarquista, libertário e realizou cursos sobre Bitcoin e Criptomoedas, tecnologia Blockchain e Smart Contracts.

Leave a Comment