A corretora OKEx relatou a suspensão do depósito em tokens ERC-20 devido a uma vulnerabilidade descoberta recentemente em contratos inteligentes.

A polícia de Shanghai deteve Star Xu, fundador das corretoras OKEx e OKCoin, sob suspeita de que o mesmo tenha conexões com uma investigação de fraude envolvendo criptomoedas. Isso foi relatado pela agência local de notícias, Sina News.

Agências de aplicação da lei receberam reclamações de investidores sobre a companhia WFEE, da qual Star Xu é participante. A polícia, então, deteve Xu para interrogatório.

Foi reportado que as autoridades ainda não registraram queixas contra Star Xu por participação no esquema fraudulento, e que portanto, ele será liberado em 24 horas.

ATUALIZAÇÃO:

Como reportado no Twitter pela cnLedger, Start Xu foi liberto do departamento de polícia de Shanghai:

Lembramos que num contexto similar, anteriormente a polícia indiana prendeu Divyesh Darji (chefe da divisão indiana do projeto BitConnect), suspeito de participação em pirâmide criptomonetária.