Autoridades israelenses pretendem impor impostos sobre criptomoedas e ICOs

O IRS (Internal Revenue Service) publicou um novo relatório descrevendo um projeto de lei que reconhece o Bitcoin e outros ativos criptográficos e impõe dívidas fiscais a empresas que arrecadam fundos através de ICOs.

Publicado em 18 de Janeiro de 2018 por

O IRS (Internal Revenue Service) publicou um novo relatório descrevendo um projeto de lei que reconhece o Bitcoin e outros ativos criptográficos e impõe dívidas fiscais a empresas que arrecadam fundos através de ICOs. Isso foi relatado pelo Finance Magnates.

De acordo com o representante do departamento, nesta fase do processo, o público é convidado a discutir o projeto de lei. O documento estará aberto para comentários durante 14 dias, período após o qual o trabalho sobre ele deve ser concluído.

A posição do IRS é a de que as moedas virtuais são propriedades pessoais e, como tal, se enquadram na definição de ativo, devendo ser, portanto, tributadas por lucro da venda de ativos.

De acordo com o documento, as empresas que compram e vendem moeda criptográfica terão de reportar seus ganhos e perdas da mesma forma que acontece com outros ativos.

Além disso, se o rendimento de um indivíduo atingir o nível de negócios, eles também estarão sujeitos à tributações

Vale lembrar que em novembro de 2017, o Ministério das Finanças de Israel anunciou a criação de um grupo de trabalho paro o estudo das moedas digitais. Esse grupo incluía os chefes das principais firmas de auditoria e departamentos profissionais.

Por fim, em dezembro, o banco israelense, Leumi, bloqueou transações de populares serviços de criptomoedas, justificando o fato através de uma legislação que trata de jogos ilegais.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment