O Banco Industrial e Comercial da China (ICBC), um dos quatro maiores bancos estatais do país, está desenvolvendo um sistema de Blockchain para autenticação de certificados digitais e armazenamento de dados.

O chefe do Departamento de Pesquisa de Moedas Digitais do Banco Popular da China, Yao Qian, disse que o regulador financeiro deve emitir o mais rápido possível sua própria criptomoeda que poderia servir como moeda legal. Isto foi relatado por South China Morning Post.

De acordo com o especialista, essa medida reduzirá os custos de transação e desenvolverá serviços financeiros em áreas remotas do país. Além disso, uma criptomoeda nacional aumentará a eficácia da política monetária do Banco Popular.

“A economia digital precisa muito de criptomoedas emitidas pelos bancos centrais. Elas serão a auge da tecnologia financeira. Devemos acelerar a pesquisa nesta área e o processo da emissão”, disse Yao Qian.

Lembramos que, o Banco Popular da China anunciou, pela primeira vez seus planos, a criação de uma criptomoeda própria em janeiro  de 2017.