Banco da Inglaterra explora possibilidade de lançar criptomoeda nacional

O Banco Central do Reino Unido pode colocar em circulação uma criptomoeda nacional vinculada à libra esterlina já em 2018.

Publicado em 31 de dezembro de 2017 por

O Banco Central do Reino Unido pode colocar em circulação uma criptomoeda nacional vinculada à libra esterlina já em 2018. Isso foi relatado pelo The Telegraph.

Como apontado pela fonte, em fevereiro de 2015, o Banco da Inglaterra estabeleceu um grupo de pesquisa que atualmente explora as possibilidades da tecnologia de Blockchain e suas perspectivas de implementação de transações com base nela. O grupo de trabalho fornecerá resultados da pesquisa no próximo ano.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o chefe do Banco Central britânico, Mark Carney, o mais interessante para ele é a “tecnologia subjacente” às transações de criptomoedas:

“A tecnologia básica – Blockchain – é de grande interesse. Nós, do Banco da Inglaterra, estamos trabalhando com ela agora”.

Além disso, segundo ele, a agência já realizou negociações com outros Bancos Centrais quanto às perspectivas de introdução de uma moeda criptográfica nacional. Ao mesmo tempo, Carney está convencido de que a tecnologia de registro distribuído pode “afetar favoravelmente a estabilidade financeira e melhorar a eficiência dos assentamentos interbancários”.

Lembre-se de que a Venezuela está se preparando para lançar a moeda nacional, El Petro. O presidente Maduro confia em fortalecer a “soberania monetária” e “superar o bloqueio financeiro”, ele afirma que o ativo também se tornará “um recurso efetivo para combater o dólar especulativo”.

 

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment