Banco do Canadá publica relatório sobre potencial de moeda digital estadual

Jason Roy, diretor da equipe de operações de opções binárias do Administrador de Valores Mobiliários (CSA), declarou que a agência está em negociações com a corporação de tecnologia do Google a respeito de uma possível proibição da publicidade relacionado ao Bitcoin e ICOs.

Publicado em 1 de dezembro de 2017 por

Pesquisadores do Banco Central do Canadá, Walter Engert e Ben Fang, publicaram um relatório sobre vantagens e riscos da criação de uma moeda digital estadual nas condições de uma recusa gradual do dinheiro pela sociedade. Isso foi relatado pelo Globe and Mail.

Como ressaltado pelos autores relatório, nas condições atuais, a possibilidade de extrair lucros da emissão de dinheiro do banco central está ameaçada e a moeda digital estadual neste contexto é uma alternativa mais vantajosa em relação aos cartões de crédito/débito e outras formas de pagamento. Além disso, o novo meio de pagamento pode simplificar a concorrência na área de pagamentos, seja em varejo ou grandes transferências corporativas.

“Sem taxas de comissão de transações cobradas pelo Banco Central, a moeda digital estadual será uma forma de pagamento menos cara [na esfera comercial] que o dinheiro e os cartões bancários”, afirmou o relatório.

Apesar das vantagens óbvias, como a redução do nível da criminalidade, o relatório alerta o Banco Central sobre os riscos potenciais associados à incerteza.

Vale à pena ressaltar que o relatório de Engert e Fang não é necessariamente a posição oficial do Banco do Canadá no que se refere à emissão de sua própria moeda digital.

Mais cedo, o acessor no estudo do Banco Central Canadense, Warren Weber, propôs a criação de um novo sistema financeiro baseado em Bitcoin como moeda padrão.

Ele estabeleceu um paralelo entre o padrão-ouro e o “padrão Bitcoin”, enfatizando o fato de que ambos os ativos têm emissões limitadas e estão fora do controle dos reguladores financeiros. A idéia principal do novo padrão é privar governos e bancos centrais do direito de cobrar por transições e estabelecer padrões para taxas de juros.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment