Banco da Finlândia: criptomoeda é um erro

Banco da Finlândia promove evento blockchain, participaram universidades, empresas e centros de pesquisas interessados na nova tecnologia.

Publicado em 8 de julho de 2018 por

O Banco Central da Finlândia emitiu um documento intitulado “A Grande Decepção das Criptomoedas”, no qual expressou sua atitude em relação às moedas digitais. Isto foi relatado pela Cointelegraph.

O autor do documento foi Alexi Grim, consultor em digitalização e chefe do Banco Central Digital do Ministério da Estabilidade Financeira e Estatísticas da Finlândia.

Com a ajuda deste documento, Grim tenta passar a mensagem sobre como “o conceito de dinheiro é mal compreendido na sociedade” e o quanto a Internet e as redes sociais “misturam verdade e ficção”.

O representante do Banco da Finlândia acredita que as criptomoedas não são moedas reais, apenas “sistemas de contagem de ativos inexistentes”. Como argumento, ele cita o fato de que tecnologias como a Blockchain são essencialmente sistemas de armazenamento de dados. E o seu uso para criptomoedas “não corresponde às características fundamentais do dinheiro”. O documento também contém várias citações de outros estudos, principalmente com uma conotação negativa.

“Em qualquer caso e para qualquer finalidade, esse banco de dados é centralizado. O fato de haver muitas cópias sincronizadas e distribuídas do banco de dados na rede não é importante, porque cada cópia contém os mesmos dados”, diz Grim.

De acordo com o documento, o principal motivo para comprar criptomoedas são ações criminosas, um sentimento de pertencer a uma comunidade, uma tentativa de se defender contra a opressão estatal “real ou imaginada” ou então, comércio especulativo.

Além disso, Alexi Grim faz a pergunta: “O que é dinheiro?”. Ele observa que, com o tempo, o significado dessa palavra mudou, sendo que atualmente, dinheiro é uma unidade de troca, que pode ser armazenada e contada. Nesse contexto, as criptomoedas, em sua opinião, aparecem “do nada”.

Lembramos que recentemente, a comissão do Parlamento Europeu sobre Assuntos Econômicos e Monetários publicou um documento segundo o qual as criptomoedas não representam uma ameaça aos bancos centrais dos países. Além disso, analistas observaram que, com o advento de criptomoedas, houve mudanças positivas no mundo das finanças.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment