Banco Central da Rússia não reconhece criptomoedas como meio de pagamento

O Banco da Rússia não considerará criptomoedas um meio de pagamento ou liquidação. Isto foi afirmado pela primeira vice-presidente do Banco Central da Rússia,

Publicado em 28 de dezembro de 2017 por

O Banco da Rússia não considerará criptomoedas um meio de pagamento ou liquidação. Isto foi afirmado pela primeira vice-presidente do Banco Central da Rússia, Olga Skorobogatova, escreve o TASS.

“Nós não consideramos criptomoedas como um meio de liquidação ou pagamento, e não reconsideraremos nossa decisão”, disse ela.

Enquanto isso, o Ministério das Finanças observou que os russos poderão usar criptomoedas ao investir em Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs). Vale destacar que o departamento não abandonou a idéia de criar uma criptomoeda nacional.

“As criptomoedas são um fenômeno com um número ilimitado de centros de emissão. Se abandonarmos o princípio constitucional segundo o qual a emissão é feita pelo Banco Central, podemos parar lá, e ainda assim, o criptorublo surgirá sozinho, contudo, não seremos capazes de garantir a confiabilidade absoluta das transações”, afirmou o vice-ministro das Finanças da Federação Russa, Alexei Moiseev.

Olga Skorobogatova apoiou este ponto de vista, observando que o Banco da Rússia está considerando a possibilidade de introduzir uma moeda digital supranacional nos países do BRICS ou da União Econômica Eurasiática (UEE).

“Continuamos a trabalhar nessa área. A questão que nos parece valer a discussão com nossos colegas é a possibilidade de introduzir uma criptomoeda supranacional no território da UEE ou dentro dos países do BRICS. Há muitas questões tecnológicas e macroeconômicas, portanto, penso que o próximo ano será dedicado exatamente ao desenvolvimento de abordagens que caibam à possibilidade de emitir tal criptomoeda supranacional”, disse Skorobogatova.

Lembramos que hoje, 28 de dezembro, a Duma da Rússia começou a considerar o projeto de lei sobre as criptomoedas preparado pelo Banco Central e pelo Ministério das Finanças da Federação Russa. Nele, as criptomoedas são definidas como outros tipos de propriedade, enquanto a ICO é equiparada ao crowdfunding e prevê a limitação do montante de investimentos para cada investidor.

 

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Publicidade

Publicidade

Leave a Comment