Bancos venezuelanos exibem status de contas de usuários em Petro

O governo venezuelano está considerando a possibilidade de limitar o número de corretoras locais de criptomoedas. Isto foi indicado no manual publicado no âmbito do lançamento da criptomoeda nacional, o El Petro.

Publicado em 7 de novembro de 2018 por

Alguns bancos da Venezuela, que atualmente sofre com uma severa crise econômica, começaram a exibir os saldos de usuários em Petro. Isso foi relatado pelo portal Bitcoin.com.

Assim, apesar do fato de a maioria dos moradores não estar particularmente interessada em usar a criptomoeda “garantida por petróleo”, as instituições financeiras do país cumpriram as ordens das autoridades, integrando ativamente o novo meio de pagamento aos serviços on-line. Isso inclui, em particular, os bancos venezuelanos Banesco e Mercantil. A fonte informa também que o BBVA Provincial e o BFC em breve seguirão o exemplo desses bancos.  

Em agosto, as autoridades da Venezuela, como parte da reforma monetária, denominaram a moeda local, depreciada devido à hiperinflação. Cinco zeros foram removidos do valor nominal da antiga unidade monetária. As autoridades então prometeram vincular a nova unidade monetária, “bolívar soberano”, ao Petro. Além disso, Nicolas Maduro anunciou que os sistemas de preços e de salários seriam vinculados ao Petro.

Depois de algum tempo, a Reuters realizou uma investigação jornalística, durante a qual ficou claro que Petro não estava garantido por nada.

Enquanto isso, o volume de compras de BTC através da LocalBitcoins na Venezuela atingiu uma alta histórica.

 Dados fornecidos por: CoinDance

Isso sugere que muitos moradores do país ainda estão buscando a salvação da hiperinflação e experimentos socialistas no bom e velho Bitcoin.

Lembramos que no mês passado o governo venezuelano chamou as sanções americanas contra a criptomoeda de “publicidade gratuita” para o Petro.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment