Um dos maiores bancos do Reino Unido e conglomerados financeiros mundiais, o Barclays, abriu uma unidade de risco especializada em investir em soluções de Blockchain, contratos inteligentes e inteligência artificial.

O Barclays, conglomerado financeiro britânico, anunciou uma parceria com a startup Crowdz com o objetivo de integrar suporte ao cassino de Blockchain do Ethereum ao Barclayard. Com a ajuda da tecnologia de registro distribuído, planeja-se acelerar as transações de usuários de cartões plásticos. Isso foi relatado pelo BitcoinExchangeGuide.

Sabe-se que pagamentos feitos com a utilização do Barclaycard serão conduzidos através da plataforma de Blockchain da Crowdz. Primeiro, um pequeno número de usuários serão transferidos para a nova plataformas para os processos de teste e detecção de falhas. O projeto piloto levará um ano e meio, durante o qual usuários poderão registrar seus feedbacks e oferecer opiniões para o melhoramento do serviço.

A startup Crowdz terá a oportunidade de trabalhar com reais usuários do Barclaycard, incluindo clientes corporativos. Caso o projeto piloto tenha sucesso, a startup receberá acesso ao setor bancário de varejo.

Destacamos que o Barclays já cooperou com a Crowdz no âmbito do programa para o desenvolvimento de companhias financeiros. Agora, o banco decidiu testar a solução de Blockchain da Crowdz em um real setor da economia.

Por fim, ainda no contexto de notícias a respeito do Barclays, lembramos que anteriormente, o banco anunciou que estava considerando a possibilidade de lançar negociações em criptomoedas. É possível ler mais sobre isso aqui.