BitForex supera Binance em volume de negociação

Publicado em 3 de agosto de 2018 por

Devido ao uso do chamado modelo de mineração trans-fee, uma corretora pouco conhecida chamada BitForex tornou-se líder em termos de volume de negociação.

BitForex supera Binance em volume de negociação. BTCSoul.com

Imagem: Dados fornecidos por: CoinMarketCap

De acordo com a CryptoGlobe, durante algum tempo, o indicador do volume diário de negociação da BitForex foi mantido em torno de US$14 bilhões. Desde então, o valor deste indicador caiu para US$5,3 bilhões. Destaca-se, no entanto, que esse montante é mais que cinco vezes maior do que o da popular corretora Binance.

Ainda ontem, a BitForex lançou seu token BF, que usuários da plataforma podem extrair através do modelo trans-fee anteriormente utilizado nas corretoras CoinEx e FCoin.

O par de moedas mais popular na corretora BitForex é BTC/USDT.

A BitForex foi lançada em junho deste ano e se baseia em Singapura, contudo, seus proprietários escolheram Seychelles como o local de registro.

O site da empresa diz que 80% das comissões comerciais são devolvidas aos detentores dos tokens BF. No futuro, estes últimos terão a oportunidade de participar na resolução de importantes questões da plataforma e sua comunidade. Há indicações também de que a oferta do BF limita-se a dez bilhões de moedas.

O modelo trans-fee (ou Trade-to-mine) é um mecanismo de obtenção de tokens emitidos pela corretora como recompensa pela atividade de negociação dos traders. Algumas plataformas distribuem parte de sua receita aos usuários como dividendos – presumivelmente com o objetivo de aumentar o valor de mercado e a demanda por esses tokens.

Muitos representantes da comunidade criptomonetária criticam o modelo trans-fee: na opinião deles, o volume de negociações nas corretoras que usam esse esquema é “inflado” principalmente por muitos bots de negociação. Isso, em particular, cria amplas oportunidades de manipulação das taxas de várias criptomoedas.

Já o chefe da Binance, Changpeng Zhao, está convencido de que o modelo de mineração trans-fee é uma forma oculta de Oferta Inicial de Moedas (ICO). Certa vez, ele afirmou o seguinte:

“Vamos supor que a corretora não recebe receita de comissões de transação, mas depende apenas da taxa de seu próprio token. Então como ela pode sobreviver sem manipular o preço do token? Você tem certeza de que está pronto para jogar contra um manipulador de preços? Contra o mesmo manipulador que controla a plataforma de negociação?”

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment