Bitfury desenvolve ferramenta para rastreio transações duvidosas

O fornecedor de soluções de Blockchain, Bitfury Group, apresentou um conjunto de ferramentas Crystal, projetado para identificar e investigar atividades criminosas dentro da Blockchain do Bitcoin.

Publicado em 30 de Janeiro de 2018 por

O fornecedor de soluções de Blockchain, Bitfury Group, apresentou um conjunto de ferramentas Crystal, projetado para identificar e investigar atividades criminosas dentro da Blockchain do Bitcoin. Isso foi relatado por representantes da empresa em entrevista à CoinDesk.

A plataforma foi desenvolvida durante dois anos e é projetada para mudar a percepção do Bitcoin como um instrumento para realização de transações em mercados negros.

Publicidade

Publicidade

“Esta indústria precisa de ferramentas simples e convenientes que permitam o monitoramento de transações em Bitcoin e a verificação do endereço do qual o usuário recebe dinheiro “, explicou Valery Vavilov, CEO do Bitfury Group.

O serviço Crystal permitirá que agentes da lei e especialistas privados tracem transações suspeitas até o destinatário final ou até um ponto de venda de criptomoedas. Ao estabelecer a relação entre supostos fraudadores, o Crystal poderá determinar a probabilidade de os endereços individuais estarem envolvidos em atividades ilegais.

Outras ferramentas ajudarão a monitorar de forma autônoma os endereços de Bitcoin, compilar e distribuir relatórios de acordo com os critérios especificados e até mesmo estabelecer a origem e o propósito das transações.

Publicidade

Publicidade

“Analisamos a Internet, analisamos os fóruns, analisamos vários tipos de fontes, recolhemos essas informações e chegamos à conclusão de se uma transação específica é questionável ou não”, acrescentou Vavilov.

A versão corporativa do produto Crystal Pro será integrada às próprias redes da empresa e não apenas permitirá monitorar a atividade na Blockchain como também fornecerá segurança adicional a transações de criptomoedas.

A versão gratuita do software Crystal será disponibilizada a partir de 30 de janeiro. As tarifas para clientes corporativos serão apresentadas em março.

Lembramos que anteriormente, engenheiros do Bitfury Group desenvolveram uma nova abordagem para a análise das transações em Bitcoin, visando eliminar seu anonimato.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment