Bithumb retoma registro de novos usuários

Para desenvolver tecnologias de Blockchain, as autoridades financeiras da Coréia do Sul estão preparando um plano para a legalização das Ofertas Iniciais de Moedas (ICO), que se tornarão novamente um alvo para investimentos por parte de investidores locais.

Publicado em 9 de Fevereiro de 2018 por

9A grande corretora sul-coreana, Bithumb, reabriu o acesso ao registro de novos usuários, que agora precisam passar por uma verificação obrigatória. Isso foi relatado pela CoinDesk.

Conforme observado no site da corretora, a partir do dia 9 de fevereiro, novos usuários da plataforma de negociação terão que passar pelo procedimento KYC (Know Your Cliente) de acordo com os novos requisitos da legislação. A possibilidade de verificação de identidade será realizada através da vinculação de contas nos bancos Nonghyup e Shinhan.

Vale ressaltar que bancos estão proibidos de abrir contas a plataformas de criptomoedas onde a negociação ocorre sem a identificação de usuários.

Nem todas as corretoras locais conseguem integrar o novo sistema KYC. Como observa o jornal, a pequena corretora sul-coreana Coinpia foi forçada a parar de negociar e aceitar depósitos devido a dificuldades em integrar o sistema de verificação com os bancos locais.

De acordo com os dados da Yonhap, uma agência sul-coreana de notícias, existe a possibilidade de que os bancos ignorem plataformas criptomonetárias de pequeno e médio porte e concordem em se integrar apenas a grandes corretoras – Bithumb, Upbit, Coinone e Korbit.

Lembramos que anteriormente, as autoridades sul-coreanas enrijeceram as regras de negociação em criptomoedas nas corretoras locais, proibindo a negociação por parte de usuários não verificados.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment