A BlackRock, uma das maiores empresas de investimento do mundo, formou um grupo de trabalho para estudar o mercado de criptomoedas.

A BlackRock, uma das maiores empresas de investimento do mundo, formou um grupo de trabalho para estudar o mercado de criptomoedas. Isso foi relatado pelo Financial News.

Uma equipe de especialistas de diferentes áreas de negócios terá que analisar informações sobre criptomoedas e Blockchain e, em seguida, descobrir se a BlackRock deve investir em futuros de Bitcoin.

Além disso, os especialistas estudarão a experiência dos concorrentes da gigante dos investimentos que já tenham implementado projetos criptomonetários em seus negócios, a fim de avaliar seu impacto na BlackRock.

Vale ressaltar que as ações da administração da empresa estão em desacordo com suas anteriores declarações. No ano passado, por exemplo, o chefe da BlackRock, Larry Fink, expressou sua atitude negativa em relação às criptomoedas, ressaltado que fraudadores as usam ativamente para lavagem de dinheiro.

Larry Fink também anunciou que os clientes da BlackRock não demonstravam interesse em investir em ativos criptomonetários.

Além disso, em fevereiro, o principal estrategista de investimentos da BlackRock, Richard Ternill, disse que somente aqueles prontos para perder completamente todos seus investimentos devem trabalhar com criptomoedas.