Bolsa de Hong Kong introduzirá tecnologia de Blockchain em sistema de compensação

A Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX) está explorando ativamente as possibilidades das tecnologias de Blockchain para posterior implementação à sua plataforma. Para isso, a empresa garantiu o apoio pela Bolsa de Valores da Austrália (ASX), que no ano passado anunciou a transição do atual sistema de liquidação CHESS para uma nova solução criada com base em um registro distribuíd

Publicado em 5 de novembro de 2018 por

A Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX) anunciou uma parceria com a empresa Digital Asset Holdings, sediada em Nova York. Como parte do acordo, os parceiros desenvolverão uma plataforma de Blockchain para processar os resultados de negociação no sistema Northbound Stock Connect.

Este último permite que investidores estrangeiros e chineses negociem ações em outro mercado com a ajuda de corretores e câmaras de compensação locais. No entanto, agora o processamento de operações de pós-negociação é complicado pela diferença nos fusos horários entre as regiões.

É justamente este o problema que a Bolsa de valores de Hong Kong planeja resolver em breve. Um protótipo funcional foi desenvolvido em conjunto com o Digital Asset, que permite aos investidores especificar antecipadamente como as operações de liquidação serão realizadas. A solução também permite sincronizar o status após a conclusão da transação em tempo real.

De acordo com representantes da HKEX, a tecnologia de Blockchain introduzida no sistema receberá uma ampla gama de participantes do mercado.

Lembramos que em março deste ano, a HXEX anunciou que exploraria ativamente as possibilidades das tecnologias de Blockchain para posterior implementação à sua plataforma – o objetivo era reduzir custos operacionais com ajuda do registro distribuído.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment