Bolsa de Valores de Nova York arquiva novos pedidos de registro de fundos de Bitcoin

O escritório de advocacia Morrison Cohen LLP, de Nova York, lançou o special tracker MoCo Cryptocurrency Litigation, um rastreador que acompanha e atualiza informações sobre todos os litígios ativa nos Estados Unidos relacionadas a criptomoedas.

Publicado em 8 de Janeiro de 2018 por

A Bolsa de Valores de Nova York propôs cinco novas solicitações sobre o registro de fundos negociados em bolsa (ETFs) para consideração da Securities and Exchange Commission (SEC). Todas as solicitações estão ligadas ao curso do Bitcoin e incluem os assim chamados ETFs marginais e inversos. Isso foi relatado pela Reuters.

Os fundos propostos pela Direxion Asset Management LLC têm um maior nível de risco em comparação aos futuros padrão e outros derivativos que atualmente estão sendo considerados pela SEC para registro e representam investimentos de curto prazo.

Publicidade

Publicidade

Entre eles estão fundos “de touros” (margem): Direxion Daily Bitcoin 1.25X Bull Shares, Direxion Daily Bitcoin 1.5X Bull Shares e Direxion Daily Bitcoin 2X Bull Shares; bem como dois fundos de ursos (inversos):  Direxion Daily Bitcoin 1X Bear Shares e Direxion Daily Bitcoin 2X Bear Shares).

Dentro dos recursos apresentados, um aumento de 1% no preço do Bitcoin supostamente trará entre 1,25% e 2% da renda aos investidores que investirem nas ETFs de touro. Consequentemente, neste cenário, investidores de ETFs inversos perderão 1-2% dos fundos investidos.

Caso a SEC aprove essa iniciativa, novos ETFs aparecerão no mercado secundário da NYSE Arca. Seguindo essa hipótese, os dados para os cálculos serão obtidos do mercado de futuros, lançados anteriormente pelo CBOE e pela CME.

Publicidade

Publicidade

Também assume-se que, numa situação de aumento de volatilidade, a NYSE suspenderá a negociação.

Anteriormente, a SEC rejeitava ou se recusava a considerar pedidos de registro dos ETFs de Bitcoin citando o subdesenvolvimento do mercado do ativo subjacente. Houve casos também em que as próprias empresas retiraram seus pedidos. No entanto, de acordo com analistas, com o lançamento de futuros, a situação pode mudar drasticamente.

Em dezembro de 2017, a Chicago Options Exchange submeteu um pedido de mudança de regras à SEC, para que fosse permitido o lançamento de seis ETFs com base em futuros do Bitcoin.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment