Buterin sugere fixação de comissões transacionais em Blockchains públicas

O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, disse que desenvolvedores da plataforma estão discutindo a possibilidade de ativar simultaneamente o protocolo Casper FFG e a tecnologia de sharding (fragmentação de blocos) para o dimensionamento de rede.

Publicado em 20 de agosto de 2018 por

Vitalik Buterin, o criador do Ethereum, propôs a alteração do sistema de comissões para transações em Blockchains públicas de leilão para fixo. Isso foi relatado pelo TrustNodes.

A ideia é usar uma fórmula especial para ajustar o tamanho da comissão de acordo com o preenchimento do bloco.

“Se o último bloco foi cheio em 50%, deixe a comissão inalterada. Se ele foi preenchido em 10%, então vamos reduzir a comissão em 10%, e se foi preenchido em 90%, vamos aumentar a comissão em 10%”, explicou Buterin.

Nesse contexto, mineradores pagarão uma certa comissão por byte, que será coletada em um depósito separado e distribuída entre eles.

“Vamos substituir o leilão por um preço fixo (exceto nos períodos em que os blocos estão vazios ou, ao contrário, cheios. Nesses casos, será necessário esperar até que o preço mude). Dessa forma, vamos nos livrar da inconveniência do sistema de leilões e da volatilidade das comissões. Além disso, calcular comissões se tornará extremamente fácil”, enfatizou Buterin.

Vale ressaltar que a proposta não especifica como o tamanho da comissão será corrigido – talvez seu tamanho seja determinado por alguém da comunidade de Blockchain. Mas se a ideia for aceita, a recompensa por cada bloco também será fixada.

Ainda em menção ao fundador do Ethereum, lembramos que anteriormente, se referindo ao ETF do Bitcoin, ele expressou a opinião de que a indústria de criptomoedas não precisa tanto de fundos de investimento em bolsa, quanto de aplicações práticas e úteis.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment