China declara guerra às criptomoedas e pirâmides financeiras

O Chefe do Departamento de Estudos Financeiros e Estatísticos do Banco Popular da China (PBoC) Sheng Song Chen está convencido de que os reguladores devem estabelecer padrões de divulgação para ofertas iniciais de moedas (ICO).

Publicado em 23 de Janeiro de 2018 por

O Ministério de Segurança Pública da China anunciou o fortalecimento da sua luta ativa contra pirâmides financeiras – incluindo as de criptomoedas. Isto foi relatado na declaração oficial do departamento.

“Os órgãos de segurança pública, bem como as agências industriais e comerciais do país continuarão a intervir em indústrias chave e se concentrarão na destruição de organizações financeiras construídas com base no princípio de pirâmides. Os participantes de tais esquemas enfrentarão penalidades severas. As redes que utilizam mecanismos MLM e outras atividades fraudulentas serão interrompidas para proteger os interesses da população”, afirma o relatório.

Entre as ferramentas utilizadas por esses esquemas se encontram “bônus de consumidores”, “fundos gerais”, “gerenciamento de investimentos”, “jogos online” e, finalmente, “moedas virtuais”.

Conforme observado no documento, a definição de pirâmides fraudulentas inclui esquemas financeiros onde os participantes são encorajados a comprar certos produtos e a envolver ativamente outras pessoas no processo.

Lembramos que ontem, o Ministério Público da Bulgária confiscou os servidores do projeto OneCoin. A empresa foi repetidamente acusada de criar pirâmides financeiras, investigações sobre suas atividades estão sendo realizadas em muitos países do mundo, incluindo na China.

No passado, milhares de residentes chineses se tornaram vítimas de outro projeto chamado GemCoin. O montante exigido pela ação coletiva que levantada contra a empresa foi de US$100 milhões.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment