China e Estados Unidos concluem primeiro acordo de commodities em Blockchain

A empresa chinesa Shandong Bohi Industry utilizou pela primeira vez a plataforma de Blockchain Easy Trading Connect (ETC) para vender soja à empresa agrícola americana Louis Dreyfus.

Publicado em 24 de Janeiro de 2018 por

A empresa chinesa Shandong Bohi Industry utilizou pela primeira vez a plataforma de Blockchain Easy Trading Connect (ETC) para vender soja à empresa agrícola americana Louis Dreyfus. Isso foi relatado pelo Business Insider.

O negócio também contou com a presença dos bancos do ING, Societe Generale e ABN Amro. O fornecimento de soja dos Estados Unidos à China tornou-se “a primeira transação de commodities completa no campo da agricultura utilizando uma plataforma baseada em Blockchain”.

Vale ressaltar que a plataforma ETC simplifica e acelera as operações de negociação. Em particular, digitaliza documentos – tais como acordos de compra e venda e cartas de crédito – e reduz a necessidade de suporte legal para a transação. De acordo com o grupo de desenvolvedores, a tecnologia permitiu acelerar em cinco vezes as transações realizadas.

Lembre-se de que no final de novembro de 2017, o Sberbank realizou uma transação piloto numa Blockchain de pagamento entre MegaFon e MegaLabs avaliada em um montante de 1 milhão de rublos para a renovação de um contrato de empréstimo já existente.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment