CLS investe US$5 milhões em consórcio de Blockhain R3

De acordo com o blog do consórcio R3, a plataforma descentralizada Corda está agora disponível no mercado de serviço em nuvem da Amazon Web Services (AWS).

Publicado em 31 de Maio de 2018 por

A operadora americana de Forex CLS investiu US$5 milhões no consórcio de Blockhain R3. Isso foi relatado pela Reuters citando o comunicado de imprensa da empresa.

Segundo Alan Marquard, diretor de estratégia e desenvolvimento da CLS, a companhia pretende explorar, com o R3 – onde fará parte do conselho de administração –, a possibilidade de implementar “soluções transformadoras baseadas na Blockhain” para a indústria de Forex. Neste caso, uma atenção especial será dada à plataforma corporativa Corda.

Esta transação é a terceira parcela do R3 na campanha de arrecadação de fundos iniciada no ano passado, que permitiu a arrecadação de US$ 107 milhões em investimentos de várias empresas conhecidas, incluindo o SBI Group, o Bank of Americal, a Merrill Lynch e o HSBC.

“A CLS é extremamente importante para o funcionamento de um dos mercados mais importantes do mundo. É verdade que os grandes players de infraestrutura estão buscando tecnologias como a Blockhain para tornar seus produtos e serviços mais rápidos, fáceis, seguros e econômicos para o usuário final”, disse o CEO da R3, David Rutter.

Lembre-se de que anteriormente, o Alfa Bank da Rússia anunciou oficialmente sua entrada no consórcio de Blockhain R3, que também inclui o Bank of America, o Credit Suisse, o Goldman Sachs, o JPMorgan, o Barclays, o Deutsche Bank, o Commerzbank, o Citibank, o Morgan Stanley, etc.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment