Coinbase pretende entrar no mercado japonês em 2019

A Coinbase, principal empresa de Bitcoin, confirmou oficialmente planos para adicionar suporte ao protocolo Segregated Witness (SegWit).

Publicado em 12 de outubro de 2018 por

No próximo ano, a americana Coinbase entrará no mercado japonês. Essa opinião foi expressada por Mike Lempres, chefe do departamento legal da corretora e relatada pelo Nikkei Asian Review.

A plataforma está atualmente negociando com a Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA, na sigla em inglês) a respeito da obtenção de uma licença. De acordo com Lempres, o processo está “indo bem”.

“Prometemos concluir esse trabalho. Isso certamente ocorrerá em 2019”, afirmou.

A FSA está se empenhando muito no que se refere a segurança no campo criptomonetário e mantém o mercado em rédeas curtas. Isso, de acordo com Lempres, será apenas um pequeno obstáculo para a Coinbase.

Vale notar que a razão para esse enrijecimento no controle sobre o mercado pelo regulador se deve à invasão da corretora Zaif, que ocorreu em setembro deste ano.

Lempres adicionou que há uma alta demanda no país por um confiável provedor de serviços criptomonetários, e que nesse contexto, a Coinbase está pronta para ocupar este lugar.

Ressaltamos que a Coinbase anteriormente anunciou planos de entrar no mercado japonês em 2016. Em junho, a corretora abriu uma filial no país.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment