CoinMetrics: apenas um quarto dos Bitcoins esteve ativo nos últimos seis meses

Em 26 de março, o custo da transação de Bitcoin atingiu uma baixa recorde. Os usuários precisam pagar apenas 1 satoshi por byte para que sua transação seja incluída no próximo bloco. Em outras palavras, agora a transação para uma comissão mínima será confirmada em cerca de 10 minutos.

Publicado em 5 de novembro de 2018 por

Apenas um quarto dos Bitcoins (sem levar em conta os recém-nomeados) foi movimentado entre diferentes endereços e armazenado nos últimos seis meses. Isso foi relatado pela Bloomberg com referência a dados da CoinMetrics.

A última vez em que o Bitcoin atingiu níveis tão baixos de atividade foi em 2015, sendo que, no ano passado, cerca de 50% dos Bitcoins mudaram e, para o final de 2017, esse número foi de 60%.

“Isso sugere que o Bitcoin ainda está em recessão”, afirmou Nick Carter, cofundador da CoinMetrics.

Os analistas observaram que, apesar da queda de quase 80% no volume diário de transações em em comparação com o pico de janeiro, os proprietários de cerca de US$4 bilhões em Bitcoins estão mudando a cada dia.

Como destacou o representante da empresa de investimentos DA Davidson & Co Gil Luria, isso indica a ausência de problemas com a liquidez.

“Isso também significa que um investidor pode liquidar toda a sua posição em um dia de negociação”, disse ele.

O estudo mostrou, adicionalmente, que 40% de todos os Bitcoins não são negociados no mercado, e que, cerca de 25 a 35% das moedas ficam ativas durante as altas, sendo que, segundo os analistas, em períodos de queda, os preços liquidam 30% dos Bitcoins.

Por fim, lembramos que anteriormente, a CoinMetrics conduziu uma pesquisa como resultado da qual chegou à conclusão de que os indicadores do BTC não estão sujeitos à sazonalidade.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment