Controlador financeiro britânico emite memorando para bancos sobre trabalho com ativos criptomonetários

A Financial Conduct Authority (FCA) do Reino Unido alertou que as empresas que oferecem serviços relacionados a derivativos de criptomoedas precisarão de uma autorização especial para esse tipo de atividade.

Publicado em 13 de junho de 2018 por

A Autoridade de Supervisão Financeira do Reino Unido (FCA) emitiu orientações para bancos com recomendações de minimizar os riscos associados ao Bitcoin e demais ativos criptomonetários. Isto foi relatado pela CoinDesk.

A mensagem da FCA inclui declarações de Jonathan Davidson e Megan Butler, Diretores Executivos de Supervisão, segundo os quais os bancos devem aplicar uma abordagem altamente individual a clientes que trabalhem com ativos criptomonetários, já que “o risco associado a diferentes operações da mesma categoria pode variar”.

“Uma abordagem baseada em risco não significa que os bancos devem abordar todos os clientes que realizam tal atividade da mesma maneira. Em vez disso, esperamos que os bancos reconheçam que o risco associado a várias transações comerciais na mesma categoria pode variar, comprometendo-se a gerenciar esses riscos de acordo com isso”.

Publicidade

O regulador propôs uma série de medidas que os bancos deveriam tomar para minimizar os riscos vindo de clientes que utilizam criptomoedas para “fins criminosos”. A FCA apelou para que os bancos conscientizassem os funcionários no campo dos ativos criptomonetários, a fim de compreender a natureza do negócio dos clientes que trabalham com eles e identificar corretamente os riscos que surgem no processo.

Como observa a FCA, o risco de usar criptomoedas emitidas pelo Estado é que elas são “projetadas para fugir das sanções financeiras internacionais”. Dados os riscos associados às ICOs, o regulador disse que essa prática implica “um maior risco de se tornar vítima de fraude de investimento”.

No final de dezembro de 2017, quando o Bitcoin atingiu preços recordes, a FCA alertou os investidores sobre os riscos de perder seus ativos, dizendo que o Bitcoin é uma bolha e uma commodity “estranha”.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment