Desenvolvedores propõem alterações no conceito MAST

Os desenvolvedores da rede Bitcoin propuseram alterações e melhorias para o conceito MAST (Merkelized Abstract Syntax Trees) no repositório da GitHub.

Publicado em 10 de Janeiro de 2018 por

Os desenvolvedores da rede Bitcoin propuseram alterações e melhorias para o conceito MAST (Merkelized Abstract Syntax Trees) no repositório da GitHub. Esta é a primeira solicitação de verificação das mudanças no ramo principal do repositório para a implementação do MAST na rede principal do Bitcoin, relata a CoinDesk.

Conforme observado na solicitação, a proposta do BIP 117 sugere que as transações que violem a semântica da recursão da cauda sejam percebidas pela rede como transações fora do padrão. Isso, por sua vez, contradiz a idéia original de implementar scripts para executar a semântica da recursão da cauda através de um softfork.

Publicidade

Publicidade

A semântica da recursão da cauda em combinação com o BIP 116 (MERKLEBRANCHVERIFY) permitirá que os scripts processem uma quantidade quase infinita de caminhos de código e, em seguida, divulguem o caminho atual, o que garantirá a implementação do conceito geral do MAST. Essa é a base para as mudanças propostas.

Anteriormente, o cofundador da BlockStream, Mark Friedenbach, propôs a realização de um softfork para a introdução do conceito MAST na rede principal do Bitcoin: utilizando o script MERKLEBRANCHVERIFY, os usuários poderiam predefinir as condições necessárias a uma transação, o que, na prática, significaria conclusão de contratos inteligentes.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment