Entrevista exclusiva com Roger Ver sobre criptomoedas e o Fork

Alguns admiram, outros tantos odeiam, mas ninguém pode negar o valor de seu trabalho em prol do Bitcoin. Roger Ver é sim uma figura controversa capaz de trazer à tona o melhor - ou pior - das pessoas.

Publicado em 12 de agosto de 2017 por

Alguns admiram, outros tantos odeiam, mas ninguém pode negar o valor de seu trabalho em prol do Bitcoin. Roger Ver é sim uma figura controversa capaz de trazer à tona o melhor – ou pior – das pessoas. Um dos principais anunciadores da Primeira criptomoeda, chegando a ganhar o apelido de Jesus do Bitcoin, conhecido também como evangelista do Bitcoin, de repente se voltou contra a mesma, mas será que realmente foi isso que aconteceu? Muitos afirmam que seu desejo era ser dono do ouro digital, será realmente isso?

Entendendo a Situação

Em meio a acirradas discussões sobre a escalabilidade do Bitcoin, surgiu o SegWit, que o transforma em um sistema moderno de transferência de valores, mas também surgiu a ideia de se aumentar o tamanho do bloco, deixando o Bitcoin da mesma forma que fora idealizada por Nakamoto. A pergunta que todos deveriam se fazer é: o Bitcoin deve continuar o mesmo de sempre ou evoluir? Para essa pergunta, as respostas se dividem entre “sim” e “não”, conforme a ideologia de cada um. Essa divisão ideológica levou a comunidade à uma divisão. Muitos andaram afirmando, inclusive, que Ver era um verme que deveria ser extirpado da comunidade do Bitcoin, pois ele não tinha nada de bom a acrescentar.

Publicidade

Publicidade

Em nossa opinião, isso não é verdade. A comunidade do Bitcoin deveria ao menos respeitar a opinião dos outros, talvez ele tenha sido injustiçado, ou não. Só o tempo dirá quem estava certo, se é que existe alguém certo ou errado nessa questão.

Diante de tudo isso, e também por acreditar que não lhe foi dado espaço por conta da divisão do BTC, nós fomos em busca de Ver e ele concordou em nos responder algumas perguntas simples para o nosso site.

Entrevista com Roger Ver

BTCSoul:  Nós acreditamos que uma grande maioria da comunidade de Bitcoin sabe que você é libertário, foi por essa razão que você apoiou Bitcoin em sua infância? Ou por razões financeiras?

Publicidade

Publicidade

Roger Ver: Sou libertário há mais de 20 anos. Quando ouvi falar sobre o Bitcoin, eu já era um milionário semi-aposentado. Foi porque eu vi o Bitcoin como uma ferramenta para mover o mundo inteiro na direção de menos governo e mercados mais livres. Sabia que tinha que me envolver em tempo integral. Ganhar muito dinheiro com o Bitcoin foi, de certa forma, divertido e secundário: esse não era meu objetivo.

Se eu só me importasse com o dinheiro, não teria doado mais de US$ 1 milhão para fee.org, mais de US$ 200K para Freeross.org, mais de US$ 50K para a Antiwar.com e muitas outras pequenas quantidades para várias organizações orientadas para a liberdade.

BTCSoul:  Entre todos os cryptos existentes agora, quais são as que mais acredita?

Roger Ver: Classificado pelo valor atual de USD, eu possuo:

  • Bitcoin
  • Bitcoin Cash
  • Ethereum
  • Ripple
  • ZCash
  • Monero
  • Dash
  • Zcoin

Também estou interessado em outras moedas com melhor fungibilidade do que o Bitcoin.

BTCSoul:  Conforme muitas ICOs utilizam a Blockchain do Ethereum como forma de criar seus tokens, você acredita que estamos vendo uma centralização em torno da rede Ethereum? Se sim, quais seriam as consequências disso?

Roger Ver: Diferentemente daqueles na Blockstream, o time do Ethereum está fazendo tudo o que pode para tornar a plataforma tão útil quanto possível para que as pessoas possam utilizá-la. Tenho muito respeito e admiração pela equipe do Ethereum e desejo a eles a melhor sorte do mundo. Conforme disse recentemente: a competição sempre é bem-vinda no livre mercado. Aqueles que se opõem à competição se opõem ao livre mercado.

BTCSoul:  O que realmente o motivou a suportar esse fork na rede Bitcoin?

Roger Ver: Quase como todo mundo, o fork do Bitcoin Cash me pegou de surpresa, apesar de eles claramente terem um roadmap melhor para a escalabilidade do que os planos da Blockstream para tornar o Bitcoin tradicional num meio de pagamento. Eu mesmo tenho me apurado para ficar em dia com todos os desenvolvimentos da situação.

BTCSoul:  Em uma de suas primeiras declarações defendendo o Bitcoin Unlimited, você disse que ele era a vontade expressa de Satoshi Nakamoto. Você chegou a essa conclusão por que ele te disse ou foi uma conclusão obtida através do white-paper do Bitcoin?

Roger Ver: Qualquer um pode gastar algum tempo lendo as palavras de Satoshi Nakamoto. Desde o primeiro dia, o plano era ter todas as transações acima de 1 centavo dentro da cadeia. Apenas depois a Blockstream entrou para o ecossistema do Bitcoin e decidiu que ele se tornaria uma rede para pagamentos. Sua política intencional de blocos cheios e altas taxas destruíram a vantagem inicial do Bitcoin e retardaram sua taxa de adoção. Se não fosse pela Blockstream, o Bitcoin já teria muito mais usuários e, provavelmente, valeria dezenas de milhares de dólares cada unidade. Mais de 250 milhões de dólares em Bitcoin se opõem ao plano da Blockstream em converter o Bitcoin de um dinheiro p2p em um método de pagamento. 

BTCSoul:  O que você espera do BCC no futuro?

Roger Ver: Eu acredito que o futuro é brilhante, mas, assim como o Bitcoin em seus primeiros dias, existe o problema do ovo e da galinha para superar. Se a parte “2x” do SegWit2x não ocorrer, eu planejo colocar todos os recursos do Bitcoin.com para dar apoio ao BCC. Isso incluiria nossa carteira, pool de mineração, vendas de Bitcoin por cartão de crédito, futuro explorador de blocos, tudo… Nós já temos aproximadamente 100 mil wallets instaladas também, acredito que não demore muitos meses mais para nos tornarmos o 3.º ou 4.º provedor de wallets do mundo.

BTCSoul: Hoje em dia existem mais ICOs explodindo por aí do que bombas no céu da Síria, qual é sua opinião quanto a isso? E qual você acredita ser seu impacto sobre o ecossistema do Bitcoin?

Roger Ver: O nascimento do Bitcoin foi o nascimento de uma explosão de inovação por todo o mundo. Quando as pessoas são livres para investir seus próprios fundos como elas bem entendem, grandes coisas acontecem.

BTCSoul:  Quais projetos você acredita serem viáveis e que podem ter crescimento tanto financeiro quanto em termos de adoção nos próximos anos?

Roger Ver: Eu tenho muita fé tanto no Bitcoin tradicional quanto no Bitcoin Cash, bem como no Ethereum. O ZCash também possui muito potencial.

BTCSoul:  O que você vê quando imagina o cenário das criptomoedas daqui a dez anos?

Roger Ver: Em 10 anos, usar criptomoedas será tão normal quanto usar o Facebook ou o e-mail hoje.

BTCSoul:  O quão rico você é em Bitcoin? Você está mais para Bill Gates ou para o sapateiro da esquina? =)

Roger Ver: Baseado em um cálculo rápido, mais de 98% de meus recursos estão investidos em criptomoedas. Eu acho que poderia diversificar mais, mas é difícil fazer isso quando as criptomoedas possuem tanto potencial.

Agradecemos o tempo, gentileza e empenho de Roger Ver em responder todas as nossas perguntas, inclusive as que não tinham nada a ver com a tapioca. Como sei que muitos irão dizer que não devíamos expor as opiniões dele aqui, apenas gostaria de acrescentar o dizer de Thich Nhat Hanh: “Não idolatre nem se limite a nenhuma doutrina, teoria ou ideologia. Todos os sistemas do pensamento estão oferecendo meios; não a verdade absoluta…”.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment