Estatal chinesa empregará Blockchain no processamento de bilhões de contas

A BTCC anunciou a suspensão da negociação

Publicado em 16 de agosto de 2018 por

A Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China (CASC), de propriedade do Estado, anunciou sua intenção de empregar a Blockchain em seu sistema de contas eletrônicas e acordos fiscais.

No ano passado, o número de contas digitais atingiu 1,31 bilhão, sendo que, de acordo com as projeções dos analistas, até 2022, esse número aumentará para 54 bilhões.

O sistema atual processou mais de 2,5 bilhões de contas eletrônicas, mas já enfrenta muitos problemas, incluindo dados excessivos, relatórios falsos e dificuldade de rastreamento.

Assume-se que a Blockchain resolverá todos esses problemas e tornará as contas facilmente rastreáveis em qualquer estágio.

Vale ressaltar que num contexto similar, anteriormente, ainda em julho deste ano, as startups AIKON e Hadron usaram a tecnologia de registro distribuído para processar dados do Telescópio Espacial Hubble. A primeira ficaria responsável por fornecer aos astrônomos uma interface através da qual seria possível obter fotos do Hubble. Por outro lado, computadores usariam a rede de Blockchain da segunda para processar e visualizar esses dados. É possível ler mais sobre isso aqui.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment