A corretora de Bitcoin Gemini Bitcoin Exchange, fundada por Cameron e Tyler Winklevoss, anunciou que a partir de 12 de abril, oferecerá aos grandes traders a oportunidade de negociar com blocos de Bitcoin e Ethereum.

A corretora de Bitcoin Gemini Bitcoin Exchange, fundada por Cameron e Tyler Winklevoss, anunciou que a partir de 12 de abril, oferecerá aos grandes traders a oportunidade de negociar com blocos de Bitcoin e Ethereum.

Como indicado na mensagem, o novo serviço permitirá negociação de grandes volumes de BTC e ETH, sendo que ao mesmo tempo, grandes transações não aparecerão no livro principal de pedidos. Isso deve permitir evitar uma influência excessiva no preço dos ativos e, ao mesmo tempo, fornecer “um mecanismo adicional para criar fontes de liquidez”. Vale ressaltar que o tamanho mínimo da transação será 10 BTC ou 100 ETH, respectivamente.

Ao fazer um pedido, os clientes poderão especificar a quantidade mínima, o limite de preço e o tipo de transação, seja comprando ou vendendo. Essa informação, também chamada de “indicação de interese”, será enviada simultaneamente a todos os criadores de mercado.

“De acordo com nosso compromisso com um mercado justo, transparente e baseado em regras, os pedidos em bloco serão transmitidos simultaneamente na forma eletrônica para os criadores do mercado, garantindo a melhor execução e divulgação dos preços para aqueles que participam do programa”, especificou o relatório.

Lembramos que anteriormente, os fundadores da Gemini estabeleceram como objetivo principal da plataforma para 2018, a adição de novas criptomoedas como o Bitcoin Cash e o Litecoin. Além disso, no âmbito de uma nova parceira, a corretora dos irmãos Winklevoss ajudará a bolsa de opções de Chicago a lançar negociação de derivativos de criptomoedas.