GMO Internet abrirá centros de mineração na Europa

O gigante japonês GMO Internet anunciou sua intenção de assumir liderança na esfera da mineração de criptomoedas. Para este fim, um escritório separado será aberto no norte da Europa.

Publicado em 20 de dezembro de 2017 por

O gigante japonês GMO Internet anunciou sua intenção de assumir liderança na esfera da mineração de criptomoedas. Para este fim, um escritório separado será aberto no norte da Europa. Isso foi relatado pelo site oficial da empresa.

De acordo com a publicação, a GMO Internet já incluiu em seu projeto um centro de mineração que utiliza recursos de energia renovável do norte da Europa, o que permite reduzir os custos através do baixo consumo de energia.

Com a acumulação de capacidade, a empresa também planeja oferecer soluções de nuvem no campo da mineração, bem como vendas de equipamentos relacionados.

A organização pretende usar os chips mais recentes de 7 nm*1 e atualmente está trabalhando com parceiros no campo de semicondutores na pesquisa e desenvolvimento de adaptadores gráficos de computação de alto desempenho.

A GMO Internet pretende iniciar a produção de criptomoedas já no primeiro semestre de 2018.

Anteriormente, representantes da GMO Internet afirmaram que, a partir março de 2018, começarão a pagar os salários dos funcionários em Bitcoins.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment