Um porta-voz do banco líder em investimentos, Goldman Sachs, confirmou que a organização contratou o profissional e graduado trader do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Justin Schmidt, para o posto de vice-presidente e chefe do departamento de mercados de ativos digitais dentro da divisão de valores mobiliários do banco.

Um porta-voz do banco líder em investimentos, Goldman Sachs, confirmou que a organização contratou o profissional e graduado trader do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Justin Schmidt, para o posto de vice-presidente e chefe do departamento de mercados de ativos digitais dentro da divisão de valores mobiliários do banco. Isso foi relatado pelo Business Insider.

“Nossos clientes estão interessados ​​em vários ativos digitais, por isso estamos estudando todas as opções possíveis para a prestação de serviços nesta área. No momento, não desenvolvemos o formato final de nossa oferta neste setor”, afirmou o secretário de imprensa do banco.

A principal tarefa de Schmidt será o estudo da possível interação do Goldman Sachs com o mercado de criptomoedas e também, provavelmente, o lançamento de sua própria plataforma de negociação de ativos digitais.

O banco sublinhou que, em sua posição, Schmidt não negociaria diretamente quaisquer ativos, incluindo moedas criptográficas.

Lembre-se de que, no final de dezembro do ano passado, foi noticiada a intenção do banco de criar sua própria corretora de criptomoedas que supostamente deveria começar a funcionar no mês de junho de 2018.

No entanto, na ocasião, o banco não afirmou nada de concreto.