Goldman Sachs e Mike Novogratz investiram US$15 milhões em BitGo

A empresa líder na área de segurança de Bitcoin, BitGo, anunciou o início do suporte aos tokens ERC-20, construídos sobre a Blockchain do Ethereum.

Publicado em 23 de outubro de 2018 por

O Goldman Sachs, banco de investimentos, e Mike Novogratz, do Galaxy Digital Ventures, investiram US$15 milhões na BitGo Holdings, que atualmente desenvolve soluções para armazenamento seguro de ativos criptomonetários. Isso foi relatado pela Bloomberg.

Nesse contexto, o montante total recebido em fundos pela BitGo durante sua série B de financiamento chegou a US$58,5 milhões.

“Se você investisse em outras classes de ativos, provavelmente não teria que se preocupar com seus ativos simplesmente desaparecendo. Mas nessa área, pessoas ainda estão com medo. Para que as criptomoedas alcancem seu potencial, devemos superar isso”, afirmou Mike Belshe, CEO da BitGo.

Vale ressaltar que a BitGo atraiu investimentos em dezembro de 2017, quando recebeu US$42,5 milhões de Bill Lee e David Sachs. É notório que na época, a companhia anunciou o encerramento da série B, sendo que novos financiamentos significam que a empresa foi renovada.

Desde 2013, a BitGo já atraiu cerca de US$70 milhões. Ela provê serviços de armazenamento para mais de 75 criptomoedas e tokens, e de acordo com seu próprio comunicado, há ativos num total de mais de US$2 bilhões em seus cofres.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment