Golos tem 100.000º usuário registrado

O número de usuários registrados na plataforma de Blockchain Golos excedeu 100 mil, com mais de 30 mil participantes ativos recebendo pelo menos US$15 mil por dia (mais de US$5 milhões por ano) como recompensa por postagens.

Publicado em 31 de Janeiro de 2018 por

O número de usuários registrados na plataforma de Blockchain Golos excedeu 100 mil, com mais de 30 mil participantes ativos recebendo pelo menos US$15 mil por dia (mais de US$5 milhões por ano) como recompensa por postagens. Isto foi relatado por representantes da plataforma.

Como afirmam os representantes do projeto, todos os dias, cerca de mil postagens e 12 mil comentários aparecem nessa popular plataforma para blogs. Os tópicos mais populares são fotografia, Blockchain, história, ciência, código aberto, artes, educação e economia.

Publicidade

Publicidade

O lançamento oficial da bem-sucedida Blockchain Golos ocorreu em outubro de 2016. Os recursos fundamentais da plataforma são código fonte aberto, transparência de todas as operações e ausência de beneficiários finais ou administradores centrais.

Graças ao uso da tecnologia de registro distribuído, a rede social inteligente Golos.io permite que os usuários recebam recompensas por suas postagens em criptomoeda e controlem completamente suas contas.

A plataforma Golos é descentralizada. 19 delegados que representam os usuários escolhem se vão, ou não, instalar atualizações na plataforma, bem como as formas de desenvolvimento do projeto.

Os tokens Golos são negociados em várias bolsas, se  ndo que a capitalização do projeto hoje em dia ultrapassa US$30 milhões.

Lembramos que em dezembro de 2017, a equipe da Golos • Core disse que estava preparando um hardfork em ordem de melhorar significativamente a plataforma para blogueiros Golos.io.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment