Group-IB e CryptoIns criam programa de seguro contra riscos cibernéticos para clientes de corretoras criptomonetárias

Block Armour, uma nova startup de protótipos inovadora, impulsionada pela tecnologia blockchain para segurança cibernética

Publicado em 6 de novembro de 2018 por

Especialistas do Grupo IB, juntamente com plataforma CryptoIns, desenvolveram um modelo de classificação para avaliar a segurança cibernética das corretoras criptomonetárias. A solução inclui um programa de seguro contra riscos cibernéticos para usuários de plataformas. Isso foi relatado por representantes do Grupo-IB.

Os especialistas calculam as taxas de seguro para os clientes das corretoras dependendo do nível de segurança das plataformas. Em particular, ao avaliar a segurança das corretoras, os especialistas levam em conta a segurança do armazenamento de chaves, prontidão para lidar com ataques cibernéticos, dinâmica do volume de negociação e a atividade dos traders. Com o consentimento dos fundadores dos sites criptomonetários, um teste para os funcionários é realizado com a ajuda de engenharia social.

O sistema de classificação também usa um mapa de incidentes que leva em consideração o histórico de ataques nas corretoras, episódios de fraude e tentativas de comprometer os usuários.

Após a classificação, os analistas distribuem as plataformas em quatro grupos: o primeiro grupo pertence àquelas com menor grau de exposição a riscos cibernéticos. Plataformas com níveis de risco baixo e médio caem nos grupos dois e três. Já as corretoras no quarto grupo não poderão aproveitar do seguro.

Dependendo da classificação do site, os especialistas da CryptoIns calculam as taxas exatas de seguro para seus usuários: a tarifa mais comum é 1,9% do valor do seguro com um limite de responsabilidade de até 15 Bitcoins para o período de seguro de 90 a 365 dias.

“Cerca de 3,6 milhões de BTC estão atualmente armazenados em contas de usuários de corretoras, o que torna este mercado extremamente atraente para intrusos”, disse o CEO da CryptoIns, Timofey Volkov.

De acordo com analistas da CryptoIns, em 2023, o volume do mercado de seguros para ativos criptomonetários atingirá US$7 bilhões.

Lembramos que, de acordo com o Grupo-IB, dentro de um ano e meio, hackers roubaram US$882 milhões de várias corretoras.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment