Group-IB: em um ano e meio, hackers roubaram US$882 milhões de corretoras criptomonetárias

Publicado em 17 de outubro de 2018 por

Em 2017 e nos primeiros nove meses de 2018, hackers invadiram 14 corretoras e causaram danos de US$882 milhões, afirmaram especialistas do Group-IB, empresa especializada em segurança cibernética.

Cinco das 14 plataformas de negociação (Yapizon, Coinis, YouBit, Bithumb e Coincheck) foram atacadas por hackers norte-coreanos do grupo Lazarus.

Os especialistas observaram que os invasores costumam usar phishing direcionado para atacar corretoras e projetos de ICO – eles enviam currículos falsos com um documento infectado, por exemplo.

No caso das cinco corretoras hackeadas, o grupo Lazarus realizava um reconhecimento da rede local após o phishing. Os hackers procuravam por servidores que estivessem trabalhando com carteiras privadas das plataformas.

“No início de 2018, a atenção dos hackers às corretoras só aumentou, então, podemos esperar que grupos como Silence, MoneyTaker e Cobalt conduzam vários ataques bem-sucedidos”, afirmaram especialistas do Grupo-IB.

O relatório observou também que, em 2017, os fraudadores cibernéticos assumiram 10% de todos os investimentos atraídos durante ICOs. Especialistas do Group-IB acrescentaram que um grande grupo não identificado estava roubando cerca de US$1 milhão de investimentos por mês. No entanto, os analistas afirmam que os próprios organizadores de ICOs causaram os maiores danos: 80% dos projetos não cumpriram suas obrigações com os investidores e desapareceram após a captação de recursos.

Em 2018, analistas registraram vários casos de roubo de informações sobre investidores de ICOs com o propósito de vender ou chantagear. Nota-se que recentemente, o rapto de WhitePapers de outros projetos está ganhando popularidade entre os fraudadores.

O Group-IB salientou que em 2019, as corretoras se tornarão um novo alvo para grupos de hackers mais agressivos que atacam bancos, e que dessa forma, o número de ataques direcionados aos sites só aumentará.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment