Investidor americano aumenta participação do Bitcoin em 30%

A parcela de Bitcoin no fundo de hedge MVP1 aumentou quase seis vezes ao longo do ano passado e atualmente representa cerca de 30% dos US$ 154 milhões em que o fundo está avaliado.

Publicado em 30 de outubro de 2017 por

A parcela de Bitcoin no fundo de hedge MVP1 aumentou quase seis vezes ao longo do ano passado e atualmente representa cerca de 30% dos US$ 154 milhões em que o fundo está avaliado. Isso foi indicado em uma carta enviada na semana passada aos investidores pelo chefe do fundo, Bill Miller. Esta notícia foi veiculada pelo Wall Street Journal.

Bill Miller, de 67 anos, começou a investir em Bitcoin no início de 2016, quando seu preço era de cerca de US$300 a US$400. Um ano atrás, apenas 5% dos fundos eram gastos em criptomoedas, sendo que atualmente, esse valor aumentou para quase 30%.

Nota-se que, como resultado de investimentos bem sucedidos desde o início de 2017, o MVP1 adicionou 72,5%, enquanto outros hedge funds bem conhecidos, incluindo o Third Point LLC Daniel Loeb, aumentaram em média 14%.

Como o próprio Bill Miller diz: quanto mais investimento for atraído pelas criptomoedas, menos provável é um colapso do Bitcoin.

“Eu acho que a probabilidade de que o Bitcoin desmorone para zero ainda está presente, mas diminui todos os dias à medida que mais capital de risco flui para seu ecossistema e mais pessoas se familiarizam com o ele e o compram”, disse o investidor.

Miller também acredita que o Bitcoin é uma experiência tecnológica que pode, ou não, ter valor a longo prazo.

“O Bitcoin possui uma capitalização de mercado superior a 90% das empresas no S & P500, mas ainda pode falhar. Não sei disso. Ninguém sabe. Por mais confiante que reivindique sua previsão”.

O fundo de hedge MVP1 faz parte da empresa de investimentos com base em Baltimore Miller Value Partners LLC. Bill Miller, liderou por 15 anos o fundo Legg Mason Value Trust, e foi nesta publicação em 1999 nomeado o gerente da década pela versão da Morningstar.

Anteriormente, a liderança do investimento do hedge fund Morgan Creek Capital Management Mark Yusko previu que nos próximos dez anos o preço do Bitcoin poderia crescer para US$1milhão.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment