Isle of Man se concentrará em Blockchain

Conhecida como a Ilha de Bitcoin, a Isle of Man está voltando sua atenção à fintech de blockchain para pagamentos digitais

Publicado em 12 de janeiro de 2017 por

Conhecida como a Ilha de Bitcoin, a Isle of Man está voltando sua atenção à fintech de blockchain para pagamentos digitais, a intenção é estabelecer negócios FinTech na ilha.

Depois que a Comissão de Supervisão de Jogos de Azar (GSC) da Isle of Man e o Tesouro aprovaram mudanças no regulamento de jogo da ilha no ano passado – permitindo que moedas como o Bitcoin fossem aceitas -, a ilha espera que a a adoção se estabeleça ainda mais.

Publicidade

Publicidade

Brian Donegan, do Departamento de Desenvolvimento Econômico (DED) da Isle of Man, disse, porém, que ainda há muito trabalho a ser feito com blockchain antes que os benefícios possam ser plenamente realizados.

Muitas pessoas estão adotando o valor da blockchain e ela é uma grande peça de tecnologia, mas ainda é, em parte experimental e está longe de ser completa.

Ele acrescenta que a confiança é um fator importante para o desenvolvimento da blockchain, razão pela qual a tecnologia não foi abraçada tão plenamente como as pessoas gostariam.

Publicidade

Publicidade

No entanto, uma vez que o nível de confiança e segurança for alcançado, Donegan acredita que a partir daí, em um ano ou dois, poderemos começar a ver um produto blockchain completo evoluir.

Abraçando a Blockchain

Apesar de ser conhecido como o ledger distribuído do Bitcoin nos primeiros dias da existência da moeda digital, a blockchain tem sido lentamente adotada em vários setores à medida que seus benefícios se tornam amplamente conhecidos.

Do setor bancário ao imobiliário, da indústria da música à aérea, da saúde à educação, a blockchain está se tornando amplamente aceita em todo o mundo.

O Reino Unido é um dos locais que também está abraçando a blockchain.  

Ao fazê-lo, o país tornou-se o hub principal para a FinTech, que tem visto muitas empresas de criação se estabelecerem em Londres.

Isso também foi destacado pelo fato de que a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) da U.K. revelou, em novembro, as 24 primeiras empresas que estarão participando de sua Sandbox de FinTech regulatória.

Ao fazê-lo, espera-se que mais empresas se estabeleçam no U.K. e saibam que regulamentos eles são obrigados a respeitar.

Como Donegan afirma, a compreensão do Reino Unido sobre o poder da tecnologia e seu valor, tem o ajudado a se estabelecer como um país líder que mantém-se atualizado sobre os últimos desenvolvimentos, tornando-se um local atraente.

Ele fala sobre o dinamismo que existe na indústria de FinTech e sobre como o U.K. se tornou um lugar fantástico para a ela agora, pois está muitas milhas à frente de seus homólogos internacionais.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment